Da redação JM

Fausto Silva resolveu se explicar após supostamente xingar Jair Bolsonaro de “imbecil”. Após muita polêmica, o apresentador ressaltou que sequer citou o nome do presidente ao fazer duras críticas ao governo durante seu programa na Globo, no último domingo (6).

“Em nenhum momento falei do atual presidente, muito menos dos eleitores, nos termos de imbecil. Quando usei a palavra, falei que muitas vezes o político imbecil, que não está preparado para ser eleito e nem sabe porque está lá, acaba entrando nessa onda da vaidade e esquece dos problemas do país”, disse.

Apesar da repercussão negativa do comentário, principalmente entre os eleitores do político, o veterano garantiu torcer pela nova gestão nacional. “O que a gente espera é que todo mundo reze para que os novos políticos eleitos, deputados, senadores, governadores, presidente da república e ministros indicados tenham consciência dos problemas do País, que não são poucos”, acrescentou.

Exibido somente este ano, a produção havia sido gravada em novembro. O fato fez com que alguns telespectadores também associassem as críticas a Michel Temer.

VEJA TAMBÉM
Samuel Câmara e pastores da CADB visitam e oram por Jair Bolsonaro