Da redação JM

Os suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio contra o prefeito de Novo Acordo, Elson Lino de Aguiar (MDB) foram presos na manhã desta quinta-feira (10). A vítima foi baleada com três disparos dentro de casa na tarde desta quarta-feira (9). Os suspeitos foram capturados pela Polícia Civil e levados para a Delegacia de Investigações Criminais (Deic) de Palmas.

As prisões foram feitas por agentes da Deic de Palmas e Porto Nacional e da Delegacia de Repressão ao Tráfico de Drogas (Denarc). A informação é de que até o momento duas pessoas foram presas e um menor detido para prestar depoimento.

Dotozim, como é conhecido o prefeito, está internado na emergência do Hospital Geral de Palmas (HGP) e deve ser transferido para a ala de internação nas próximas horas, segundo informou a Secretaria do Estado da Saúde.

Parentes informaram que ele está consciente e o estado de saúde é estável. Disseram ainda que os médicos aguardam o rosto de Dotozim desinchar para fazer uma cirurgia. Ainda segundo os parentes, possivelmente o prefeito vai perder a visão de um olho.

VEJA TAMBÉM
Vice-prefeito de Novo Acordo dá detalhes sobre esquema de corrupção

Entenda

O prefeito de Novo Acordo, Elson Lino de Aguiar (MDB), de 59 anos, foi baleado na cabeça na tarde desta quarta-feira (9). A família informou que o ele estava sozinho dentro de casa quando tudo aconteceu.

O imóvel não é murado e a porta da sala estava destrancada. O atirador entrou e abriu fogo contra o prefeito dentro do quarto dele. O gestor conseguiu chegar até a parte de fora, onde pediu socorro. O suspeito fugiu em uma motocicleta. Buscas estão em andamento na região.