Campelo com o secretário de Saúde de Palmas, Daniel Borini

O vereador Lúcio Campelo (PR) convida o palmense a cuidar da saúde mental. Autor do Projeto de Lei (de número 007) que institui em Palmas/TO a campanha ‘Janeiro Branco’, o parlamentar estimula discussão sobre a temática, visitando órgãos e dialogando com a sociedade.

Nesta quarta-feira, 16, o vereador esteve na Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) e no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). No CAPS, Lúcio alertou sobre os malefícios que o emocional abalado pode provocar, incluindo a depressão. “A depressão é um caso sério e que precisa de atenção. Ela é um dos distúrbios ocasionados por uma saúde mental abalada. Temos que cuidar e observar quem está próximo de nós”, disse.  Lúcio Campelo aproveitou para ouvir demandas da categoria.

Na Secretaria de Saúde, o parlamentar convidou o secretário da pasta, Daniel Borini, a pensar em ações envolvendo a saúde mental, e o secretário se dispôs a contribuir. “Já podemos marcar reunião para definirmos ações”, frisou Daniel. Borini adiantou prioridades, como a construção de outro CAPS para atendimento mais abrangente da população, incluindo o público infantil. Segundo Daniel, as obras serão iniciadas ainda no primeiro semestre deste ano.

VEJA TAMBÉM
Marlon Amorim recebe título de Cidadão Palmense

Lúcio Campelo também esteve, nesta semana, em entrevista com o radialista Ted Brum, na rádio Pequi FM, 87,5, localizada em Taquaralto. “Em tempos de profundo adoecimento emocional da humanidade, uma campanha dedicada à promoção de saúde mental dos povos revela-se como um serviço de utilidade pública”, defendeu Lúcio, na oportunidade, aos ouvintes da rádio.

Nas visitas, Lúcio entregou panfleto informativo e lacinhos brancos. “Falar em saúde mental, em psicológico abalado, deveria ser recorrente nas instituições, mas ainda não é e isso nos preocupa. Perdemos muitos jovens e adultos, que acabam tentando contra a própria vida, por depressão, distúrbios causados pelo emocional. Ter um mês dedicado a essa temática é muito importante”, defende o vereador.

Campanha e seus Objetivos

A campanha Janeiro Branco tem como símbolo um laço branco e o poder público deve promovê-la, através de divulgação mediante decoração, na cor branca, nas sedes da administração pública municipal, logradouros públicos e monumentos.

O poder público municipal também ficará responsável por realizar ações educativas, promovendo palestras, seminários e cursos. A campanha Janeiro Branco já é realizada em algumas regiões do País e em Palmas, através do projeto do vereador Lúcio Campelo, também receberá atenção.

VEJA TAMBÉM
Câmara de Palmas elege presidentes das comissões permanentes; oposição vai comandar três comissões importantes

São objetivos principais: esclarecer à sociedade civil sobre a importância da saúde mental e emocional como um estado de equilíbrio; ampliar e facilitar o acesso à realização de exames preventivos, apoio psicológico, equipes multiprofissionais para a realização de atendimentos, cursos e palestras junto à comunidade.

O PL foi apresentado pelo vereador em dezembro e está em tramitação na Câmara de Palmas. O Janeiro Branco passará a integrar o calendário oficial de datas e eventos da capital.