senador Alvaro Dias (PR) vai disputar à presidência do Senado. A sua candidatura foi lançada pelo Podemos lançou nesta terça-feira (22). O partido vai defender também o voto aberto na disputa pelo comando da Casa e da Câmara.

No entanto, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, derrubou uma liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello que abria a votação no Senado. Segundo Toffoli, não cabe ao Judiciário interferir em assunto interno do Legislativo. A avaliação entre os senadores é que a votação secreta favorece a candidatura de Renan.

“Para o partido, a transparência deve prevalecer em todos os atos do poder público, principalmente, em respeito ao direito constitucional do eleitorado brasileiro de saber como votam seus representantes eleitos”, afirmou o Podemos em nota.

Saiba + Joice Hasselmann rebate Kátia Abreu: “em qualquer democracia séria Renan Calheiros estaria preso”

Toffoli nega pedido para votação aberta em eleição da Câmara dos Deputados