Daniela Mercury critica pastor Isidório após ausência em audiência

Pastor foi processado por ela por críticas a um protesto de Daniela Mercury sobre a censura da peça “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”

Da redação JM

A cantora Daniela Mercury lamentou a ausência do deputado Federal Sargento Isidorio na audiência do processo que moveu  pelo crime de injúria.

A audiência aconteceria na manhã desta terça-feira (22) em Salvador.

“Vim aqui na audiência na data e horário marcados. A ausência deste senhor me ofende mais uma vez. Continuo na expectativa que a justiça aja e que ele seja obrigado a reparar o dano que causou a mim e a minha família”, disse ela.

Após crítica aos evangélicos, Daniela Mercury processa pastor; entenda

Daniela Mercury prestou queixa-crime após ofensas em vídeo gravado, postado e viralizado na internet. Na época, o deputado ofendeu a cantora por ela ter defendido a realização de uma peça teatral religiosa protagonizada por uma atriz trans na cidade de Garanhuns, em Pernambuco.

Pastor explica

O deputado federal eleito Pastor Sargento Isidório (Avante) disse que não foi notificado sobre a audiência de conciliação com a cantora Daniela Mercury marcada para esta terça-feira (22) (veja mais). Ele se comprometeu a comparecer quando for comunicado oficialmente sobre o caso.

VEJA TAMBÉM
Daniela Mercury vence processo e pastor Isidório é obrigado a se retratar

“Qualquer agente policial que me chamar pra qualquer coisa de lei, eu vou porque eu sou policial e respeito a autoridade”, declarou Isidório ao Bahia Notícias. O parlamentar cumpriu agenda nesta terça com o governador Rui Costa.

O deputado disse que recebeu apenas uma ligação nesta segunda (21) falando sobre a audiência. “Alguém ligou pra mim dizendo que era de um cartório”, relatou. No entanto, ele justifica que não foi comunicado de outra forma. “Não sei qual é o processo, não fui visitado por um oficial de justiça, nos meus endereços não fui notificado”, assegurou.

A audiência de conciliação no Fórum Ruy Barbosa, em Salvador, foi marcada após Daniela entrar com uma queixa-crime contra Isidório depois dele ser acusado de cometer crime de injúria contra ela