Da redação

s israelenses apontaram os locais onde acreditam que há maior probabilidade de que corpos sejam encontrados

A equipe de resgate israelense que trabalhou na busca por vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho (MG) produziu e entregou a autoridades brasileiras dezenas de páginas de mapas com indicações que podem ajudar no resgate de corpos na região atingida pela lama. Os israelenses apontaram os locais onde acreditam que há maior probabilidade de que corpos sejam encontrados, segundo afirmou ao UOL um participante do esforço de resgate que atua em função de coordenação de apoio e pediu para não ter o nome revelado.

Os mapas foram produzidos com base em cálculos de deslocamento da lama, que foram cruzados com dados obtidos por meio de drones e equipamentos que rastreiam prováveis corpos por sonar, por calor e pelos últimos sinais emitidos por equipamentos eletrônicos das vítimas. Os documentos trazem estimativas de onde podem estar os corpos de parte das pessoas desaparecidas – principalmente as que se encontravam em um escritório e em um refeitório da mineradora Vale, em ônibus que se deslocavam pela região e em uma pousada atingida pela lama