Da redação JM

O primeiro ato de Joice Hasselmann ao assumir o seu gabinete em Brasília foi promover um culto ecumênico. A deputada federal do PSL quis “exorcizar” Luiz Inácio Lula da Silva, já que o ex-presidente ocupou a mesma sala 825 do anexo IV da Câmara dos Deputados, quando foi eleito parlamentar em 1987.

“Tudo o que eu não quero é ranço desse passado no meu gabinete, em nenhum canto desse espaço. Qualquer coisa ruim que tinha sido trazido para cá, vai embora hoje. Daqui para frente, a gente vai produzir como nunca aqui na Câmara dos Deputados”, declarou a política em vídeo.

Joice Hasselmann rebate Kátia Abreu: “em qualquer democracia séria Renan Calheiros estaria preso”

Evangélica, Joice Hasselmann pode ser líder do governo na Câmara

Hasselmann convidou um rabino, uma pastora da Igreja Batista de Brasília e um representante da Igreja Católica para “exorcizar os restos de Lula”.

A cerimônia, que contou ainda com a presença do deputado evangélico Sóstenes Cavalcante, foi transmitida pela deputada federal em seu canal no Youtube.

VEJA TAMBÉM
Além de Lula, manobra do STF já soltou mais sete condenados da Lava Jato

Assista: