Da redação JM

Na manhã de terça-feira, 5, a Câmara Municipal de Palmas deu inicio ao ano Legislativo de 2019. Entre os presentes, estava a chefe do executivo municipal, a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB), que leu a mensagem anual do Executivo.

A prefeita prestigiou a todos os parlamentares e saudou em especial o vereador Hélio Santana (PV) e os demais que tomaram posse no último sábado, 02.

Bandeiras

Em sua fala, o vereador Hélio Santana destacou sua luta pelos servidores públicos e disse que sua “luta sempre foi defender o servidor público” e que na Câmara “não será diferente.”

Evangélico, Hélio Santana assume neste sábado o mandato de vereador na Capital

Coimadetins declara apoio a pré-candidatura de Hélio Santana a deputado estadual

Câmara de Palmas terá 4 novos vereadores e três são evangélicos

Partido Verde

Santana, na oportunidade, fez uma saudação especial ao partido Verde, ao ex-presidente do partido no Tocantins Marcelo Lelis, à presidente do partido, Deputada Cláudia Lelis e ao presidente metropolitano Deocleciano Gomes, ressaltando a todos que o partido sempre foi protagonista na capital e que este tem muitas causas e  bandeiras, cujas estas irá defender na Casa de Leis do município.

VEJA TAMBÉM
Vereador Hélio Santana solicita criação do Parque do Idoso na região norte de Palmas

Dia do Papiloscopista

Ainda durante sua fala, o vereador parabenizou os Peritos Papiloscopistas do Estado do Tocantins pelo seu dia, comemorado anualmente no dia 05 de fevereiro. Para Hélio, “estes são servidores públicos que têm uma importância significativa para a sociedade.”

Ao final do seu discurso, Hélio Santana agradeceu à comunidade que estava presente na seção e saudou a prefeita Cintia Ribeiro no nome da Secretaria de Educação Juscélia Aparecida, parabenizando a todos os servidores que estão empenhados na Educação Municipal de Palmas.

Reunião com a prefeita

À prefeita, Hélio Santana fez uma ressalva sobre o fato de que e ele e os vereadores recém-empossados não estavam na Câmara, quando da formação do Orçamento e por isso não puderam destinar emendas, e que devido a isso querem ter uma oportunidade de conversar com ela a fim de que “o ano de 2019 seja promissor e que haja condições de igualdade”.

Com informações a assessoria