Da redação JM

O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta e deixou o Hospital Albert Eintein , em São Paulo, no início da tarde desta quarta-feira, depois de 17 dias de internação para fazer a operação de retirada da bolsa de colostomia e o religamento do sistema intestinal.

O presidente seguirá de carro até o aeroporto de Congonhas e, então, embarca para Brasília.

Minutos depois de ter saído do hospital, a equipe médica divulgou um boletim com um histórico da internação de Bolsonaro. Ele deixa a unidade com quadro pulmonar “normalizado” e  função intestinal “restabelecida”. Bolsonaro teve um quadro de pneumonia na semana passada.

“Recebeu alta nesta manhã com o quadro pulmonar normalizado, sem dor, afebril, com função intestinal restabelecida e dieta leve por via oral”, finaliza o boletim assinado por Antônio Luiz Macedo, cirurgião e médico gastroenterologista.

O esquema de segurança no hospital foi reforçado para a saída do presidente do local. Policiais da Rota e do Exército, além de bombeiros, estão posicionados em uma das garagens do hospital, em São Paulo.

VEJA TAMBÉM
Takayama faz alerta: “estão repensando a transferência da embaixada brasileira para Jerusalém”

Batedores da polícia do Exército, policiais militares, bombeiros e funcionários do Samu também foram acionados.

Bolsonaro estava internado desde o último dia 27. A permanência dele no hospital foi além das expectativas iniciais porque após a cirurgia ele teve pneumonia e precisou ser submetido a um tratamento com antibióticos.

O retorno ao trabalho deverá ser aos poucos, segundo recomendação médica. Bolsonaro terá que evitar viagens longas e manter uma dieta controlada pelos próximos dias.