Por pastor Silvio Vinicius Martins

Destaques bíblicos para a salvação de Jesus

Neste singelo material propus direcionado pelo Espírito Santo explorar de forma clara e consciente algo excelente sobre a Doutrina da Salvação. Tal doutrina revelada está na Bíblia – a Palavra de Deus. Quantas vezes você já ouviu de pessoas a declaração contundente de que não acreditam que “uma pessoa que come farinha e feijão pode ser salva, ou dizer, que é salva”? E eu nem sei enumerar quantas vezes já ouvi isto também!

As Escrituras Sagradas destacam que a salvação em Jesus é comum segundo se observa em Judas 3 que enfatiza: “Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos”. Ora, quando a Escritura nos diz que a salvação é COMUM ou nos é comum quer dizer: Aquilo que a salvação promove de bom, proveitoso e glorioso na vida de outrem, promoverá o mesmo na minha vida (Hb 6.9; Rm 5.1). Para podermos fundamentar esta pura verdade observemos o caso exemplar do apóstolo Paulo e de seu filho na fé, Timóteo: “Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos”, 2 Tm 1.9. Veja que a declaração “que nos salvou”, mostra claramente que a salvação promove tudo o que lhe corresponde na vida de todos, independentemente da sua condição social, da sua cor da pele, da sua intelectualidade etc. A salvação veio para todos!

O outro destaque bíblico sobre a salvação em Jesus está na Epístola de Tiago capítulo 1 e versículo 17 que declara: “Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação”. Com isto vê-se que a salvação é um DOM de Deus. O Senhor Deus tem presenteado a humanidade com muitíssimos presentes. O dom da vida é um deles. Mais Ele quer que você experimente outro dom que extrapola a eternidade, que é o dom da salvação! A salvação não é e nunca será obtida pelo dom da prática de boas obras, nem por outro meio qualquer. O Espírito Santo revelou isto ao apóstolo Paulo e foi registrado na sua Carta aos Efésios 2.8,9: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie”. Vemos também pela Palavra do Senhor que o dom da salvação é dado gratuitamente ao ser humano como registrado está em Romanos 6.23: “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor”. Sabemos mediante o estudo bíblico que o dom da salvação é celestial, sendo assim, experimentada segundo se vê em Hebreus 6.4: “Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo”. A disseminação de que o ser humano não pode sentir a salvação de Jesus é uma mentira tamanha. Precisamos acreditar e aceitar que o Senhor quer fazer você sentir este dom e presente de Deus em sua vida! Deixo aqui como suplemento adicional um resumo do Pr. Antonio Gilberto abordando o que a salvação não é: eis aqui então: “1. Apenas ter uma religião com o nome de cristã. O que dizer dos seguidores do mormonismo, cujo nome da igreja é Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. São eles salvos por seguirem a uma religião ‘cristã’? 2. Apenas frequentar ou tornar-se membro de uma igreja local. Uma coisa é pertencer a uma igreja, e outra é pertencer à Igreja. 3. Apenas ter e ler a bíblia. Isso os católicos romanos fazem! 4. Apenas professar um credo religioso. Ser salvo é muito mais que adorar, seguir, abraçar dogmas. 5. Apenas praticar a “regra áurea” de Mateus 7.12. boas obras não salvam ninguém (Ef 2.8,9). 6. Apenas aspergir um infante com “água benta” afinal, dependendo da idade da criança, sequer tem a capacidade de crer para a salvação (Mc 16.16a; Rm 10.9). 7. Apenas batizar um adulto ou uma criança. Batismo não salva, mas destina-se a quem já é salvo (Mc 16.16b). 8. Apenas “confirmar” um adepto da sua confissão religiosa. 9. Apenas participar da Ceia do Senhor, ou da eucaristia. 10. Apenas ter um irrepreensível código de conduta, bom testemunho, porte. 11. Apenas praticar sempre boas obras” – Teologia Sistemática Pentecostal – CPAD.

VEJA TAMBÉM
As declarações de Maria sobre Deus - Por pastor Sílvio Martins

Encontramos ainda que a salvação é GRANDE segundo observa-se em Hebreus 2.3: “Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram”. O vocábulo escapar aqui dá a ideia de algo perigoso que pode ocorrer a qualquer momento. O fim da vida pode ocorrer a qualquer momento! Ninguém sabe o momento certo da sua partida desta vida para a outra. É por isto que precisamos permanecer atentos para a grande salvação que Deus mediante Jesus nos quer proporcionar. É bem verdade que a salvação é grande por ser Deus grande (Jó 36.26a). Ela consequentemente é uma das grandes coisas que Deus faz, deixando algumas pessoas sem poder compreendê-la (Jó 37.5; Sl 126.3; Jo 3.3,4). Ora, é notório que para um grande pecador, Deus providenciou um grande Salvador, trazendo consigo uma grande salvação.

O penúltimo destaque maravilhoso sobre a salvação em Jesus é que ela é muito REAL segundo se contempla em Malaquias 4.2 que diz: “Mas para vósque temeis o meu nome nascerá o sol da justiça e salvação trará…”. Vejo o termo “trará” neste texto bíblico como um demonstrativo da realidade da salvação ofertada pelo Senhor Jesus a humanidade. As Escrituras Sagradas enfatizam a salvação como sendo verdadeira e não uma doutrina inventada ou uma pura ficção para enganar o ser humano. Vejamos dois textos escriturísticos das páginas do Novo Testamento no Evangelho narrado por João 5.24 e 6.40. Em ambos contemplamos as expressões “tem” e “tenha”. Com isto entendo que eles falam que a salvação é real. Encontramos duas declarações paulinas quanto à realidade da salvação: Uma está em Romanos 8.24 e a outra em 2 Timóteo 1.

VEJA TAMBÉM
Assembleia de Deus em Piaçabuçu realiza 3º Seminário de Liderança; confira

E por fim, o último destaque sobre a salvação está na Carta de Tiago capítulo 1 e versículo 17 como UM PRESENTE DE DEUS: “Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação”.É verdade que há muitos que não querem receber ou aceitar da parte de Deus, o presente caríssimo da salvação que custou o preço muito caro, o sangue de Jesus segundo se vê nos livros de Atos 13.46; 1 Coríntios 6.20 e Apocalipse 5.9. Para finalizar desejo expor ainda doistextos que fundamentam o argumento deste item, baseados no Evangelho de João 3.16 e 10.10 que mostram as expressões “deu” e “tenham” respectivamente como fato irredutível de que a salvação é puramente real.

Existem várias garantias dadas por Jesus para quem quer ser a salvo. Desejo expor em poucas linhas seis das garantias expostas no Livro de Deus, a saber: Primeira garantia – A operação espiritual no ser humano em ser feito uma nova criatura segundo foi revelado ao apóstolo Paulo na sua Segunda Carta no capítulo 5 e versículo 17 que diz: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”. Segunda garantia – O recebimento do perdãodos pecados conforme se vê em Atos 10.43: “A este dão testemunho todos os profetas, de que todos os que nele creem receberão o perdão dos pecados pelo seu nome”. Terceira garantia: Os moradores no teu coração serão o Pai e o Filho como se observa em João 14.23: “Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada”. Quarta garantia – Concederá a certeza da vida eterna como está em Jo 10.10: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”. Quinta garantia – Aliviar a alma e o espírito humano fardo do pecado, pois Jesus disse: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei”, Mt 11.28. Sexta e última garantia – Receber a tão almejada paz na alma segundo se contempla em Jo 14.27: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”.

O pastor Antonio Gilberto aborda sobre como a pessoa pode receber a salvação. “Há três passos necessários para um pecador receber a gloriosa salvação em Cristo. Primeiro, reconhecer mediante o evangelho que é pecador (Rm 3.23). segundo, confiar em Jesus como o seu Salvador (At 16.31). Terceiro, confessar que o Senhor Jesus é o seu Salvador pessoal, “Visto que… com a boca se faz confissão para a salvação” (Rm 10.10), (Teologia Sistemática Pentecostal – CPAD). Que estejamos firmes na convicção da nossa salvação, até que Jesus venha nos buscar para Si. Amém.

Silvio Vinicius Martins – Pastor, líder da AD em Piaçabuçu (AL), graduado em Teologia, Presidente da Comissão de Apologética da Convenção da Assembleia de Deus no Estado de Alagoas (Comadal), articulista da CPAD, Youtuber.