Da redação

O ministro da Economia, Paulo Guedes, demonstrou estar cada vez mais concatenado com o raciocínio do povo brasileiro.

Ele declarou que seu projeto de reforma da Previdência vai igualar a aposentadoria de políticos e cidadãos comuns.

Após vitória de Bolsonaro, cresce a demanda por livros da direita conservadora

Disse ele: “Um político vai se aposentar igualzinho um de vocês. Então, não vai ter gente com privilégios em relação ao sistema geral de hoje. Nós estamos reduzindo privilégios, paga mais quem ganha mais, e você elimina essa transferência perversa de renda que existe hoje. Se o brasileiro soubesse que os pobres é que estão financiando a aposentadoria privilegiada dos mais ricos, haveria uma insatisfação muito grande”.