Da redação

Segundo informou a Palmas Estacionamento, diferentemente daquela decisão anunciada em dezembro do ano passado, quando a empresa tinha decidido retomar a operação, mas não iria cobrar nos primeiros dias, desta vez a previsão é que a cobrança comece de fato no dia 25, data que foi anunciada pela gerenciadora do estacionamento rotativo de Palmas para a retomada do serviço.

Essa data foi anunciada ontem, depois de uma semana que o Tribunal de Justiça autorizou o retorno do serviço, derrubando uma liminar do Tribunal de Contas do Estado publicada em dezembro passado, que suspendia a cobrança. Esse impasse aconteceu porque o TJ Tocantins entendeu que o TCE não tem competência para julgar esse tipo de ação.

Em dezembro a empresa havia anunciado o retorno do serviço que estava suspenso desde 2017, quando o Tribunal de Contas do Estado verificou uma série de irregularidades nos contratos e no cumprimento de prazos, como, por exemplo, inconsistências nas contas da empresa, cobrança pelo serviço em locais não permitidos, descumprimento do prazo para a educação da população sobre o funcionamento do rotativo e cobrança de preços que não correspondem à realidade econômica da capital.

VEJA TAMBÉM
Urgente: Promotor Edson Azambuja pede suspensão do contrato do estacionamento rotativo em Palmas

Se confirmado o retorno da cobrança do serviço para o dia 25. A partir desta data voltam a valer os horários de cobrança. De segunda a sexta-feira de oito horas da manhã até às seis horas da tarde e no sábado de oito horas da manhã até o meio-dia.

Em dezembro a empresa já havia começado a instalação dos totens de autoatendimento, dos monitores e o treinamento dos fiscais que vão trabalhar no estacionamento rotativo. O que muda agora é que segundo informou a empresa os parquímetros e os talões não serão mais utilizados. O serviço será totalmente digital. Também serão instalados 25 pontos de vendas nos bolsões de estacionamento nas zonas azul e verde.

A tolerância para que o motorista faça o pagamento do serviço após estacionar é de 10 minutos.

Os valores variam de acordo com o tipo de veículo e tempo de permanência. E vão aí de R$ 0,75 a R$ 5,00.

Com informações CBN

Judiciário contraria TCE e libera estacionamento rotativo em Palmas