Da redação JM

Caio Fábio afirma que Boechat está no céu com Cristo: ‘Eu estou indo encontrá-lo’

Caio Fábio afirmou, após uma pergunta de um internauta, que o jornalista Ricardo Boechat, morto após uma tragédia aérea, com certeza está junto de Cristo no céu, mesmo se dizendo ateu. Para Fábio, o jornalista era sim um digno do Reino dos Céus: “esse cara passou a vida fazendo a confissão do Evangelho que muitos de vocês nunca sonharam em fazer.

Boechat morreu em um trágico acidente na segunda-feira (11) enquanto ia para o trabalho, e seu helicóptero caiu e pegou fogo. No Acidente morreram o jornalista e o piloto da aeronave.

O líder do Caminho da Graça diz ao internauta que ele não tem culpa de não entender o porquê de um ateu como Boechat encontrar com Cristo após a morte, mas isso se deve ao fato de que “esse negócio de ateísmo é uma coisa ideológica, isso não tem nada a ver com Deus, é uma coisa que tem a ver com ideologia, entendeu?“, explica Caio.

VEJA TAMBÉM
Em entrevista a Caio Fábio, Marina Silva diz que 'graças a Deus, o Estado é laico'

Para validar sua afirmação, Caio Fábio cita o capítulo 25 do Evangelho de Mateus: “Tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era peregrino e me acolhestes; nu e me vestistes; enfermo e me visitastes; estava na prisão e viestes a mim” e diz que Ricardo Boechat viveu essa verdade bíblica.

Boechat chega no céu e Jesus diz ‘vem Boechat, bendito de meu Pai! tome posse do Reino que para ti está preparado desde antes da fundação do mundo“, afirmou Caio Fabio

Ao final, dispara: “Eu estou indo encontrar meu amigo Boechat lá no céu. Se você quiser vir junto, chegue.

Caio Fabio era amigo de infância de Boechat e diz que sempre manteve contato próximo a ele.

Ateu

A esposa de Ricardo Boechat, deu uma coletiva de imprensa para falar sobre a morte do marido. Na entrevista ela afirmou que o marido era era ateu na noite do mesmo dia do acidente nesta segunda (11).

VEJA TAMBÉM
Pedido de habeas corpus foi aceito e Caio Fábio deixa a Papuda

”Meu marido era o ateu que mais praticava o mandamento mais importante de todos, que era o amor ao próximo. Ele sempre se preocupou com todo mundo, sempre teve coragem. E é muito difícil fazer o que ele sempre tentou fazer. Então, com erros e acertos como qualquer pessoa, tenho muito orgulho dele”,declarou.

Assista: