Da redação

Dimas apresentou informações sobre a malha viária da cidade, investimentos recentes e o projeto de implantação do anel viário, em fase de captação de recursos federais. Foto: Reprodução

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, se reuniu na manhã desta quinta-feira, 14, com representantes da empresa Suzano S.A., para tratar de assuntos referentes aos impactos causados pelo tráfego de veículos pesados no perímetro urbano da rodovia TO-222, a Avenida Filadélfia. A via é rota dos caminhões transportadores de eucalipto para a fábrica de celulose da empresa em Imperatriz (MA).

Estiveram presentes o secretário municipal da Infraestrutura, Simão Moura Fé; o diretor de engenharia da Agência de Segurança, Transporte e Trânsito (ASTT), Caio Augusto Lobo; o diretor de relações institucionais da Suzano, Mauro Rangel Melo; o coordenador de Logística Integrada da Suzano, Domingos Raimundo Filho; o consultor de Inteligência Patrimonial da Suzano, José Fernando Torres; e a coordenadora de Comunicação da Suzano, Gláucia Dias.

Antes de propor o acordo à empresa, Dimas apresentou informações sobre a malha viária da cidade, investimentos recentes e o projeto de implantação do anel viário, em fase de captação de recursos federais. O objetivo da nova rota é direcionar o tráfego de veículos pesados a partir do Distrito Agroindustrial de Araguaína (Daiara) ao trevo da Universidade Federal do Tocantins (UFT), sem passar pelo centro da cidade.

VEJA TAMBÉM
Prefeitura de Araguaína anuncia concurso público com 700 vagas

Acordo
O acordo prevê que a empresa efetue a recuperação de trechos da Avenida Filadélfia que apresentam desgastes e a sinalização horizontal e vertical da via. Foi acordada ainda a restrição do tráfego de caminhões no período das 18h30 às 19h30, quando há maior fluxo de veículos pela via, em virtude do horário de funcionamento do Centro Universitário Unitpac.

Os trechos a serem recuperados são o início da Avenida, da BR-153 ao cruzamento com a Avenida Ademar Vicente Ferreira, e um dos lados da saída da cidade, a partir do ponto onde está localizado o condomínio Jardim Siena até o Córrego Jacuba.

Os representantes da Suzano solicitaram à ASTT e Infraestrutura que encaminhem, até esta sexta-feira, 15, algumas propostas de orçamento dos serviços, que serão apresentadas em reunião da diretoria da empresa. No próximo dia 27, a Suzano apresentará um posicionamento em relação ao acordo proposto pela Prefeitura.