Da redação JM – Ricardo Costa

Câmara Municipal de Lajeado (TO) informou nesta sexta-feira, 15, em nota, que a Prefeitura de Lajeado vetou Emendas Impositivas apresentadas pelos vereadores à Lei Orçamentária Anual (LOA), referente ao ano de 2019. Segundo informou ao JM Notíciavereador André Portilho (PRP), primeiro-secretário da Mesa Diretora, apenas 4 parlamentares apresentaram emendas impositivas, sendo todas vetadas.

Pauta travada

Na nota, a Casa de Leis informa que a pauta na Câmara está travada devido aos vetos feitos pelo prefeito Tércio Dias (PSD) em relação às emendas impositivas e também à suplementação do orçamento em 32% votada pelos vereadores adequando à LDO. O prefeito queria 80%.

Vereador André Portilho (PRP), primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Lajeado (TO). Foto: Reprodução Facebook

De autoria dos vereadores André Portilho (PRP), Walber Pajeu (PSDC), Edilson Mascarenhas (Nego Dilson) (PTB) e Oscar Goveia (DEM), as emendas seriam destinadas para a reforma e ampliação do posto de saúde da comunidade Pedreiras e para a implantação do videomonitoramento da cidade.

O vereador André Portilho, que também preside a Comissão de Orçamento e Finanças, informou que devido a isso alguns projetos estão parados na Câmara aguardando para serem votados, um destes é o de nº 01/2019, que trata de contrato temporário por excepcional interesse público, e que a Comissão de Orçamento e Finanças está aguardando algumas informações do prefeito para que possa elaborar o parecer para o andamento deste, porém até o momento Tércio Dias não enviou, ficando assim parado até que o chefe do executivo municipal se manifeste.

VEJA TAMBÉM
TJ nega pedido da presidente afastada da Câmara de Lajeado para retornar ao cargo

Confira a Nota na íntegra: