Da redação JM

Viralizou nas redes sociais o áudio onde uma mulher está preocupada denunciando uma suposta norma imposta pela Igreja Universal a todos os seus fieis surgiu na segunda quinzena de fevereiro de 2019. Segundo o que a mulher diz no áudio, os pastores daquela igreja estariam obrigando a todos que recebam uma tatuagem de uma cruz nas mãos, como uma forma de marcar os membros.

A mulher ainda afirma que os pastores da Universal teriam afirmado que a nova marca na mão direita traria prosperidade a todos que aceitarem a tatuagem – inclusive as crianças.

O áudio surgiu de forma anônima e não informa os principais dados que seriam necessários para que a denúncia fosse verificada. A mulher não diz o próprio nome e não diz o endereço da igreja onde o fato teria ocorrido.

Igreja Universal pode pagar R$ 92 milhões em impostos após ação do MPF; entenda

Igreja Universal é derrotada na Justiça e tem que abrir cofre

Além disso, ela não diz quando o fato ocorreu. A mulher diz apenas que “isso começou hoje” e isso é feito propositalmente para que quem ouvir o “alerta” pela primeira vez sempre achar que se trata de algo recente. Com isso, as chances do áudio ser repassado aumentam muito.

VEJA TAMBÉM
Universal condena ato de vandalismo em igreja católica

O site da Universal já se pronunciou a respeito e desmentiu a fake news.

“Trata-se de uma acusação tão absurda, tão maldosamente falsa, que parece até ridículo que pessoas que se dizem cristãs, deem crédito e compartilhem uma fake news como essa, mas não se empenhem em espalhar a verdade que liberta”, diz a IURD na nota.

Incoerência do áudio

Em uma publicação feita em março de 2016 em seu blog, o bispo Edir Macedo – fundador da Igreja Universal – afirma que a Bíblia condena as tatuagens, mas que a igreja aceita quem se converte mesmo com tatuagens.

Anos antes, em 2011, o bispo afirmou que tatuagem é pecado.

E a foto da mão tatuada?

Se essa história é fake news, como explicar a foto que mostra uma mão com uma cruz tatuada? A resposta é simples: Muitas pessoas fazem esse tipo de tatuagem e quem iniciou essa “conversa” deve ter buscado no Google Images por “mão tatuada” e usado uma das primeiras imagens que aparecem nos resultados.

VEJA TAMBÉM
Igreja Universal é derrotada na Justiça e tem que abrir cofre

Tanto é que a mão da foto usada para espalhar esse rumor é da atriz Flávia Alessandra e foi tirada em 2014, quando a atriz foi assunto nos sites de celebridades ao exibir as 12 novas tatuagens que ela fez em homenagem ao marido!

Igreja norte-americana sugere tatuagem a seus membros

Em fevereiro de 2012, um pastor da Igreja Ecclesia em Houston (no Texas), Chris Seay pediu aos membros que fizessem tatuagens permanentes que retratassem desenhos simbolizando a crucificação e a morte de Jesus. As tatuagens dos membros da igreja fariam parte de uma exposição de arte para a Quaresma. Não temos informações de quantos fiéis aderiram ao pedido do pastor!

Conclusão

A notícia afirmando que a Igreja universal estaria tatuando símbolos religiosos nas mãos de seus fieis é uma mentira!

Com informações E-farsas