Da redação JM

O vice-governador do Estado, Wanderlei Barbosa, recebeu, na manhã desta segunda-feira, 18, no Palácio Araguaia, representantes das Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais do Tocantins (Apaes).

De acordo com a presidente da Federação das Apaes do Tocantins, Marciane Machado Silva, a audiência foi para apresentar, ao vice-governador, algumas reivindicações da entidade, como saúde, educação, infraestrutura e assistência social, além da ampliação de convênios de gestão compartilhada, este em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esporte (Seduc); a Secretaria de Estado do Trabalho e do Desenvolvimento Social (Setas) e a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Atualmente, 25 Apaes possuem este convênio.

A presidente destacou que o Governo do Estado tem sido o fator determinante para o avanço das conquistas das Apaes. “Precisamos avançar mais para que os benefícios sociais também possam chegar àqueles que ainda não foram contemplados com as políticas públicas governamentais”, disse.

O vice-governador ouviu atentamente cada representante e se comprometeu a levar as demandas ao governador Mauro Carlesse, para que equipes técnicas do governo possam analisar e atender as prioridades das Associações dentro da capacidade econômica do Estado. “Tenho respeito e admiração pelos colaboradores das Apaes, faremos um enorme esforço para atender às demandas e avançarmos nas políticas públicas para as pessoas com deficiência”, afirmou.

VEJA TAMBÉM
Pedido de Cassação: Prazo para defesa de Carlesse acaba hoje

Estavam presentes na reunião a presidente da Federação das Apaes do Estado do Tocantins e representantes das Apaes de Paraíso do Tocantins, Araguaína, Colmeia, Miracema, Lagoa do Tocantins, Pedro Afonso, Dois Irmãos, Barrolândia e Palmas.