Da redação

A retomada das cirurgias cardíacas no Hospital Geral de Palmas (HGP) e a conclusão das obras de ampliação das salas do Centro Cirúrgico do HGP foram alguns dos 66 requerimentos aprovados na ordem do dia da sessão matutina desta quarta-feira, dia 20, na Assembleia Legislativa do Tocantins. Também foi solicitada pela deputada Cláudia Lelis (PV) a compra de insumos e materiais para unidades hospitalares do Estado.

A deputada Luana Ribeiro (PSDB) também propôs a reforma e a ampliação dos Hospitais de Referência de Araguaína, Dianópolis, Gurupi, Miracema, Paraíso, Pedro Afonso, Araguaçu, Arraias, Porto Nacional, Arapoema e Augustinópolis. Ainda a ampliação do Hospital Infantil de Palmas, do Hospital de Doenças Tropicais de Araguaína e do Hospital Municipal de Goiatins foi objeto de seus requerimentos.

Outras solicitações de Luana contemplam o município de Tupirama com pedidos para a construção de uma delegacia de polícia, feira coberta e terminal rodoviário. A criação de uma Casa de Apoio e a construção de um prédio para a instalação do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) também foram sugeridas, além da instalação de um Centro de Convivência do Idoso para cidades tocantinenses.

O deputado Amélio Cayres (SD) solicitou a retomada das obras da Escola Estadual Olavo Bilac, em Itaguatins, e o restabelecimento de todos os serviços do IML de Augustinópolis. O deputado Professor Júnior Geo (PROS), por sua vez, requereu informações sobre o andamento do concurso da Polícia Militar e sobre a situação da ponte em Porto Nacional, assim como o cronograma de construção da nova ponte e detalhes sobre o funcionamento da balsa.

Também obtiveram a aprovação de seus requerimentos os deputados Jair Farias (MDB), Nilton Franco (MDB), Ricardo Ayres (PSB), Amália Santana (PT), Eduardo Siqueira Campos (DEM), Elenil da Penha (MDB), Vanda Monteiro (PSL) e Vilmar de Oliveira (SD). Eles solicitam obras de recuperação e pavimentação asfáltica para os municípios de São Valério, Peixe, Axixá, Praia Norte, Pium, Lagoa da Confusão, Ananás, Wanderlândia, Santa Maria e Recursolândia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here