Por Nayara Pires

Projeto de Lei do vereador Lúcio Campelo institui sistema de segurança colaborativa em Palmas

Instituir um sistema de segurança colaborativa na capital tocantinense é o objetivo central do Projeto de Lei número 001, de autoria do vereador Lúcio Campelo (PR), apresentado nesta terça-feira, 26, na Câmara de Palmas. O PL prevê fornecimento voluntário de imagens obtidas por câmeras móveis, câmeras de vigilância e monitoramento instaladas em condomínios, residências, estabelecimentos comerciais, agências bancárias, instituições da sociedade civil e pessoas jurídicas em geral.

As imagens fornecidas, de acordo com o Projeto, servirão para elucidar delitos contra o patrimônio público municipal, bem como auxiliar os órgãos de segurança pública no combate ao crime. “Uma forma nova de colaboração, entre sociedade e poder público, que proporcionará uma vigilância em comum tanto ao patrimônio público, quanto no âmbito privado, visando à prevenção e redução dos índices de criminalidade”, segundo o vereador Lúcio.

De acordo com o parlamentar, com o crescimento constante das opções de comunicação disponibilizadas por meio de dispositivos como tablets e smartphones, a sociedade passa a ser mais unida e, consequentemente, ajuda com eficácia em assuntos que dizem respeito ao ambiente em que vivem.