Da redação JM

Moradores de Porto Nacional fazem protesto às margens do rio Tocantins — Foto: Divulgação

A travessia na balsa de Porto Nacional será gratuita para pedestres, ciclistas, motociclistas, carros de passeio e caminhonetes. O comunicado foi feito pelo Governo do Tocantins na tarde desta quinta-feira (28). A tabela de preços já havia sido divulgada, mas a decisão foi tomada em caráter emergencial após manifestações de moradores que não aceitavam pagar para atravessar o rio Tocantins.

Apesar do anúncio de que elas começariam a operar nesta quarta (27), nenhuma delas saiu do lugar durante o dia. Uma das balsas já foi vistoriada e liberada pela Marinha do Brasil, mas aguarda a liberação da Agência Tocantinense de Regulação (ATR). Segundo o governo do estado, a operação “depende de alguns ajustes jurídicos que já estão sendo agilizados”.

O Governo lembrou que continua autorizado o trânsito para pedestres, ciclistas, motociclistas e veículos de urgência e emergência pela ponte, que foi interditada por causa de problemas estruturais.

Balsa deve começar a operar na próxima quarta-feira — Foto: Divulgação/Governo de Tocantins

Ponte interditada

A ponte sobre o rio Tocantins, em Porto Nacional, foi completamente interditada para veículos no dia 7 de fevereiro. O Governo disse que decisão foi tomada por precaução até que os serviços topográficos sejam finalizados.

VEJA TAMBÉM
Sobre as ameaças aos servidores, SISEPE-TO vai ingressar com ação na Justiça

A Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) disse que acredita que esta é a atitude mais sensata a ser tomada no momento. Os únicos veículos que estão tendo a passagem liberada são os de emergência.

Moradores reclamam de problemas na estrutura há vários anos. Um laudo do MPE chegou a indicar alto risco de colapso da ponte até 2022. Mergulhadores relataram ter encontrado erosões nos pilares de sustentação da estrutura.

Porto Nacional: Moradores fizeram grande protesto contra bloqueio da ponte

O governo ainda não sabe se vai reformar a ponte que já existe ou construir uma nova. A origem do dinheiro para fazer qualquer uma das duas obras também não está definida.

Confira a nota:

Nota à imprensa

 O Governo do Tocantins informa que, em caráter emergencial, será liberada, de forma gratuita, a travessia pelas balsas instaladas próximo à ponte de Porto Nacional.  Essa liberação será para veículos de passeio e camionetes, e ainda, motos, pedestres e ciclistas.

Uma das balsas já foi vistoriada e liberada pela Marinha do Brasil e aguarda os trâmites da Agência Tocantinense de Regulação (ATR), o que depende de alguns ajustes jurídicos que já estão sendo agilizados.

VEJA TAMBÉM
Paulo Mourão é lançado pelo PT pré-candidato ao Governo do Tocantins

A segunda balsa ainda depende da vistoria e da liberação da Marinha, o que pode ocorrer a qualquer momento.

O Governo ressalta que continua autorizado o trânsito, pela ponte, de pedestres, ciclistas, motociclistas e veículos de urgência e emergência.

Secretaria de Estado da Comunicação

Governo do Tocantins