Da redação JM

Informações preliminares indicam que o suspeito teria reagido com violência após Ronaldo tentar lhe entregar um panfleto bíblico. Um vídeo mostra o homem sendo detido por agentes do 39º BPM (Belford Roxo) enquanto a viatura é cercada por moradores. Ao final, uma mulher se identifica como esposa da vítima e acusa o preso: “Você matou meu marido, seu desgraçado! Ele era crente!”

Em outro momento, um homem encosta na janela e confronta Fábio:

“O cara foi te chamar pra Igreja e você o matou. Agiu de covardia legal”, diz ele, antes de se dirigir aos PMs: “Ninguém vai bater não, só falar umas verdades na cara dele”.

Fábio xinga e retruca: “Você me viu?”

“Todo mundo”, responde outro. O primeiro volta a discutir com Fábio.

“Se eu soubesse que você fazia isso com os outros, eu não tinha te socorrido”, diz.

O suspeito foi levado para a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), que conduzirá as investigações. De acordo com a Polícia Civil, ele prestou depoimento e será encaminhado para o presídio.