Da Redação JM  – Ricardo Costa

Pastor Alcides de Oliveira, ex-presidente da Convenção Batista do Tocantins, celebra 70 anos neste sábado (09)

O ex-presidente da Convenção Batista do Tocantins, pastor Alcides de Oliveira, está celebrando 70 anos neste sábado (09). A comemoração vai acontecer hoje na Igreja Batista Bíblica, na Arne 13, em Palmas –TO, e deve reunir amigos, familiares e as lideranças evangélicas da denominação.

A história ministerial do pastor Alcides de Oliveira, remonta à década de 90 no Tocantins.

Em 1993, o pastor Eliziário Cândido de Oliveira, na época, dirigente da Primeira Igreja Batista de Palmas, convidou o pastor Alcides de Oliveira Souza para consolidar o trabalho da SIABAPA,  tornando-a administrativa e financeiramente independente. Assim, em 1º de maio de 1993 (sábado) nasceu a Segunda Igreja Batista em Palmas, carinhosamente chamada de SIBAPA.

Na SIBAPA, o pastor atuou como dirigente até o ano de 1995. Logo em seguida, ele foi convidado a pastorear a Igreja Batista Nova Esperança, no Jardim Aureny, em Palmas, onde ficou por 06 anos.

Logo em seguida, assumiu a congregação na 108 Norte (Arne 13), em Palmas, chamada Igreja Batista Bíblica. Lá, uma história maravilhosa se iniciava. Quando assumiu a igreja, existia apenas uma pequena congregação que comportava poucos membros e com pouca estrutura.

VEJA TAMBÉM
Segunda Igreja Batista em Palmas promove a Conferência Crescer 2017

Com muita determinação e força de vontade, juntamente com os membros locais, o pastor iniciou a construção do atual templo, bem amplo, com boa visibilidade, salas climatizadas para estudos bíblicos, cozinha, banheiros etc, e acima de tudo, houve o crescimento da igreja em termos de novos membros.

Ao todo, o pastor Alcides de Oliveira pastoreou a Igreja Batista Bíblica por 13 anos, deixando um legado de honestidade, liderança, amor pastoral, e uma conduta ilibada, tendo.

Neste intervalo, ele exerceu a presidência da Convenção Batista por 05 vezes, totalizando 07 anos, e a presidência da Ordem dos Pastores Batistas do Tocantins, por dois mandatos.

Enquanto procurador do Estado, ele recebeu o convite de um Governador para assumir o cargo de Procurador Geral do Estado, no entanto, ele recusou o convite para se dedicar à obra de Deus.

Ao pastor Alcides de Oliveira! PARABÉNS