Da redação JM

Ao todo, 30 projetos foram aprovados e cada um receberá o valor de cinco mil reais. Foto: Divulgação

A Senami (Secretaria Nacional de Missões) iniciou a entrega dos subsídios de ajuda para os projetos missionários da Campanha do Dia Nacional de Missões realizada em 2018. Ao todo, 30 projetos foram aprovados e cada um receberá o valor de cinco mil reais.

A entrega do primeiro recurso aconteceu na última quarta-feira (06), na Assembleia de Deus em Joinville (SC), presidida pelo pastor Sergio Melfior, presidente do Conselho Nacional de Missões da CGADB (Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil), durante a Escola Bíblica Nacional Região Sul.

A igreja contemplada foi AD Pomerode (SC), presidida pelo pastor Eliezer de Souza, tendo como diretor de missões, o presbítero Marcelo Damásio. O cheque foi entregue pelo pastor José Wellington Júnior (presidente da CGADB); pelo pastor Nilton dos Santos (presidente da CIADESCP – Convenção das Igrejas Evangélicas Assembleia de Deus de Santa Catarina e Sudoeste do Paraná); e, pelo pastor Adonias (coordenador da Senami junto a convenção estadual).

CGADB divulga projetos missionários que receberão apoio financeiro; confira

Segundo o diretor de missões, presbítero Marcelo Damásio, o valor chega em um bom momento e ajudará em muito o desenvolvimento dos seus projetos. Segundo ele, 200 Novos Testamentos na língua FARSI serão entregues a novos cristãos iranianos. “Isto nos impulsiona a continuar lutando pelos recursos, e a orar pela igreja no Irã”, disse. Ele acrescentou também: “Queremos agradecer a Senami e a CGADB pelo valor recebido através da brilhante campanha do Dia Nacional de Missões”.

VEJA TAMBÉM
Pentecostes 2016: 2,8 bilhões não conhecem a Jesus

Para o secretário executivo da Semani, pastor Saulo Gregório de Lima, o projeto foi pensado com o intuito de ajudar as secretarias de missões das Assembleias de Deus no Brasil fortaleçam seus trabalhos missionários. “Temos a pretensão de unir todos os departamentos de missões das ADs do Brasil. Que neste ano de 2019 possamos angariar mais recursos para que em 2020 centenas de igrejas sejam abençoadas”, disse.

Com informações Senami