Da redação

Na manhã desta quarta feira, 13, ocorreu a reunião extraordinária para eleição do presidente e vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que dará continuidade as investigações das irregularidades havidas nas contas do Instituto de Previdência de Palmas.
Em votação secreta, o vereador Vandim do Povo (DC) foi eleito o vice-presidente da comissão, com o total de três votos.
Durante o discurso, Vandim agradeceu aos vereadores pelos votos recebidos e ressaltou que o compromisso da comissão é com o povo. “Tenho certeza que o povo de Palmas e os funcionários da prefeitura esperam uma resposta nossa, pois eles foram lesados em 58 milhões de reais que era do Instituto PreviPalmas”, apontou o vereador.
Segundo o parlamentar, é preciso que a Casa de Leis disponha de condições para que os vereadores possam ir ao Cais Mauá que fica em Porto Alegre – RS, para fazer uma vistoria. “Temos que descobrir o que foi feito com os 30 milhões de reais que foram aplicados no Fundo Cais Mauá, pois são aplicações feitas de maneira irregular. A Caixa Econômica precisava de três assinaturas de responsáveis pela autorização de transferência dos valores, no entanto, nos documentos só constam duas, precisamos saber o que aconteceu” solicitou Vandim.

A primeira reunião da CPI está prevista para acontecer na sexta feira, às 09h, na Câmara Municipal.

VEJA TAMBÉM
Freitas questiona atuação de Geo na CPI do PreviPalmas e diz que audiência pode ser anulada