Da redação

Polícia e socorristas na Praça 24 de Outubro, um Utrecht, onde homem abriu fogo Foto: ROBIN VAN LONKHUIJSEN / AFP

Várias pessoas ficaram feridas e outra morreu nesta segunda-feira quando pelo menos um homem abriu fogo em Utrecht , na Holanda, de acordo com a polícia. O ataque aconteceu por volta das 10h45 do horário local (06h45 de Brasília) numa estação de bonde dos arredores da cidade. Autoridades afirmaram que o ataque “pode ter tido motivações terroristas “.

A morte foi confirmada pela agência ANP. A imprensa local afirma que o suposto responsável pelos tiros está à solta depois de ter escapado da cena do ataque. O governo ordenou que as escolas mantenham suas portas fechadas e, de acordo com uma rádio, a segurança foi reforçada na sede do governo holandês em Haia.

— Vários tiros foram disparados em um bonde, e várias pessoas ficaram feridas. Helicópteros estão no local e nenhuma prisão foi realizada —  disse o porta-voz da polícia, Joost Lanshage.

Um cordão de isolamento foi montado na Praça 24 de Outubro,  onde fica a estação. Serviços de emergência estão no local, incluindo membros da unidade antiterror.

VEJA TAMBÉM
Holanda 'libera' sexo como pagamento de aulas de autoescola

A polícia pede que a população mantenha distância da área para facilitar a passagem de socorristas. Utrecht fica a 35 quilômetros de Amsterdã.

O premier da Holanda, Mark Rutte, informou que um gabinete de crise foi montado para lidar com o caso. Ele expressou “profunda preocupação” em relação ao ataque.

Com informações G1