Da redação

Os beneficiários do Programa Bolsa Família devem comparecer a unidade básica de saúde mais próxima até o dia 30 de junho, para o acompanhamento médico. A orientação é de não deixar para última hora e evitar tumulto e falta de vagas dentro do prazo. Realizar consultas e exames, a cada semestre, fazem parte das exigências do Ministério da Saúde para manter o auxílio. Em Araguaína, cerca de nove mil famílias recebem o apoio financeiro do Governo Federal.

De acordo com a coordenadora do Bolsa Família, Divina Pimenta, quanto antes se apresentar, menores são os riscos de ficar sem o benefício. O não-comparecimento resultará na suspensão do repasse.

“A cada vigência, que é de seis meses, muitas famílias acabam perdendo o benefício porque não vão até à UBS. Do semestre passado para este, eu estimo que cerca de três mil deixaram de receber o auxílio”, destacou Divina.

A coordenadora ainda alerta que o acompanhamento médico muitas vezes é confundido com as visitas dos agentes de saúde. “Parte da população fica esperando que o agente de saúde regularize a situação, mas o agente não é médico. É o obrigatório ir até à UBS”.

VEJA TAMBÉM
Temer completa dois anos de mandato e destaca feitos de seu governo na economia, educação e no social

Indo atrás do beneficiário

Um mutirão de atendimento está programado para ser realizado na praça do Setor Presidente Lula, no dia 30, sábado, das 8 às 17 horas. O objetivo é alcançar as famílias em vulnerabilidade social que têm dificuldade de deslocamento. Moradores dos setores vizinhos também podem comparecer a este atendimento diferenciado.

Como fazer

Para fazer o acompanhamento basta comparecer à UBS, de segunda a sexta-feira, das 7 às 13 horas, munido do cartão do Bolsa Família, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), cartão de vacinação das crianças e o cartão da gestante.

O objetivo principal é verificar se a carteirinha de vacinação das crianças está em dia e orientar as mulheres grávidas sobre o pré-natal. A avaliação nutricional das crianças também é realizada, garantindo uma vida saudável.

Contato
Em caso de dúvida, os beneficiários podem entrar em contato com a Atenção Básica da Secretaria Municipal da Saúde pelo telefone (63) 3411-7083 ou no endereço Rua Sete de Setembro, nº 555, no Centro.