Da redação

Os beneficiários do Programa Bolsa Família devem comparecer a unidade básica de saúde mais próxima até o dia 30 de junho, para o acompanhamento médico. A orientação é de não deixar para última hora e evitar tumulto e falta de vagas dentro do prazo. Realizar consultas e exames, a cada semestre, fazem parte das exigências do Ministério da Saúde para manter o auxílio. Em Araguaína, cerca de nove mil famílias recebem o apoio financeiro do Governo Federal.

De acordo com a coordenadora do Bolsa Família, Divina Pimenta, quanto antes se apresentar, menores são os riscos de ficar sem o benefício. O não-comparecimento resultará na suspensão do repasse.

“A cada vigência, que é de seis meses, muitas famílias acabam perdendo o benefício porque não vão até à UBS. Do semestre passado para este, eu estimo que cerca de três mil deixaram de receber o auxílio”, destacou Divina.

A coordenadora ainda alerta que o acompanhamento médico muitas vezes é confundido com as visitas dos agentes de saúde. “Parte da população fica esperando que o agente de saúde regularize a situação, mas o agente não é médico. É o obrigatório ir até à UBS”.

VEJA TAMBÉM
Equipes de atualização do CadÚnico percorrem bairros mais distantes de Palmas

Indo atrás do beneficiário

Um mutirão de atendimento está programado para ser realizado na praça do Setor Presidente Lula, no dia 30, sábado, das 8 às 17 horas. O objetivo é alcançar as famílias em vulnerabilidade social que têm dificuldade de deslocamento. Moradores dos setores vizinhos também podem comparecer a este atendimento diferenciado.

Como fazer

Para fazer o acompanhamento basta comparecer à UBS, de segunda a sexta-feira, das 7 às 13 horas, munido do cartão do Bolsa Família, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), cartão de vacinação das crianças e o cartão da gestante.

O objetivo principal é verificar se a carteirinha de vacinação das crianças está em dia e orientar as mulheres grávidas sobre o pré-natal. A avaliação nutricional das crianças também é realizada, garantindo uma vida saudável.

Contato
Em caso de dúvida, os beneficiários podem entrar em contato com a Atenção Básica da Secretaria Municipal da Saúde pelo telefone (63) 3411-7083 ou no endereço Rua Sete de Setembro, nº 555, no Centro.