Da redação JM

Segundo Governo, liberação da máquina trará maior comodidade aos pacientes atendidos na Unacon/HRA. Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) está em negociação com dois profissionais para iniciar os atendimentos de radioterapia na cidade de Araguaína. O equipamento está instalado na Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia do Hospital Regional de Araguaína (Unacon/HRA). Para tanto é necessária à contratação de um responsável técnico e um supervisor substituto de proteção radiológica.

Segundo o técnico da Gerência da Rede de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer do Tocantins, Rodrigo Cândido de Souza, as demandas que haviam sido relacionadas durante a vistoria da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, no final do mês fevereiro, na máquina de radioterapia, foram em sua maioria solucionadas, a exemplo da utilização da potência da máquina.
“São necessários, agora, estes dois profissionais para darmos início aos atendimentos; são especialidades de demandas específicas, com poucos profissionais habilitados no país. Ainda estamos esbarrando em questões salariais”, disse Rodrigo Cândido.
A liberação da máquina trará maior comodidade aos pacientes atendidos na Unacon/HRA, pois não necessitarão se deslocar para outro estado para realizar o tratamento, reduzindo também os custos para a gestão com o pagamento de serviço privado. Atualmente 45 pacientes realizam o tratamento em Imperatriz, no Maranhão.