Da redação

O reverendo Pat Robertson, um dos mais importantes líderes do movimento evangélico americano, reuniu-se com o presidente Jair Bolsonaro em Washington na tarde desta terça-feira (19).

Na abertura do encontro na Blair House (a casa de hóspedes do governo americano, onde o brasileiro estava hospedado), Gordon Robertson, filho de Pat, disse a Bolsonaro que os líderes cristãos americanos acompanharam a eleição brasileira e sabem que o ele foi eleito com apoio maciço dos evangélicos.

Eles se ofereceram para apoiá-lo nos Estados Unidos e disseram que podem ajudar a prestar ajuda humanitária na Venezuela se o Brasil quiser.

O presidente concedeu uma entrevista à Christian Broadcast network, uma conhecida rede de TVs evangélicas fundada por Pat e dirigida por Gordon.

Outra presença ilustre foi o pastor Jonathan Falwell, filho do também pastor Jerry Falwell (1933-2007). Penny Young Nance, presidente da Concerned Women for America (CWA, Mulheres preocupadas pela América), também estava no encontro.

A CWA é uma organização cristã que funciona como contraponto a grupos feministas, a quem classificam como anti-Deus e anti-família.

Charles Steele, presidente da Southern Christian Leadership Conference, organização fundada pelo líder dos direitos civis Martin Luther King Jr., também esteve no encontro, além de Susan Michael, diretora da Embaixada Cristã Internacional em Jerusalém.