Da redação JM 

Eleito por aclamação nesta quarta-feira, 27, novo presidente da Frente Parlamentar Evangélica, deputado Silas Câmara (PRB-AM), disse que a bancada não vai tratar de temas da pauta de costumes por enquanto. O motivo, explica, é que a prioridade agora é a aprovação da reforma da Previdência.

Câmara explica que a Frente tem como objetivo ser sentinela dos princípios cristãos pelos seus 90 deputados que a compõe. Ou seja, a defesa dos princípios cristãos da família, da vida e outras questões.

Sobre o adiamento da pauta de costume, o líder explica.

Todos nós, evangélicos, também temos que ter essa visão cidadão de que o debate agora é recuperar as estruturas básicas da nação para ela prosperar, e tudo que nesse momento provoque qualquer instabilidade, cause desarranjo nesse esforço concentrado de recuperar o Brasil, deve ter um pouquinho de paciência.“, disse o deputado que também é pastor ligado à CADB, convenção liderada por seu irmão, o pastor Samuel Câmara.

E concluiu: “Esse esforço concentrado que o poder Legislativo e Executivo estão fazendo (pela reforma da Previdência), todos sabem que é necessário. Na minha visão, nesse momento a gente não pode fazer nada que desvie o foco da necessidade de reestruturar a nação“.