Da Redação JM Notícia

Prefeito de Formoso do Araguaia é condenado a três anos de detenção e a perda do cargo

O prefeito de Formoso do Araguaia, Wagner Coelho de Oliveira  (PRTB), foi condenado nesta quinta-feira (04) a três anos de detenção e a perda do cargo. Ele é acusado de desviar cheques assinados que seriam para quitar dívidas com fornecedores como oficina mecânica e gráfica, dentre outros, durante o seu mandato anterior de prefeito. No entanto, os fornecedores alegam que os pagamentos da segunda parcela nunca foram feitos.

A relatora da ação foi a Desembardora Célia Regina, que ao defender o seu voto, ressaltou que o gestor cometeu crime de falsidade ideológica:

“O voto é conduzido para julgar a ação penal, parcialmente, procedente reconhecendo o princípio da construção aos crimes de falsidade ideológica em se ordenar despesas não autorizadas em lei”, disse Célia Regina.

Ainda cabe recurso da decisão do Tribunal de Justiça: “Nós vamos recorrer e vamos embargar e vamos entrar com recurso especial, caso for mantida a decisão”, disse o advogado Solano Damasceno, que realizou a defesa do prefeito Wagner.