Da redação

A lista dos selecionados poderá ser consultada pelo Diário Oficial do Município ou pelos sites da habitação de Palmas

Centenas de inscritos no Cadastro Habitacional de Palmas se dirigiram até a Escola de Tempo Integral (ETI) Almirante Tamandaré na tarde desta segunda-feira, 08, para acompanhar de perto o sorteio que definiu os nomes dos 500 pré-selecionados para receber as casas do conjunto habitacional Jardim Vitória I, construído pelo Minha Casa Minha Vida, por meio da Caixa Econômica Federal. A Prefeitura de Palmas faz a pré-seleção dos beneficiários.

Todo o processo foi coordenado por uma comissão técnica da Secretaria Municipal de Habitação e auditado por representantes da sociedade civil organizada, do Defensoria Pública da União e por um representante do próprio grupo de cadastrados.

“Devido à importância deste processo seletivo nós viemos acompanhar e pudemos comprovar a lisura de todo o sorteio, fizemos uma auditoria em todas as listas e vimos como o sorteio foi realizado de forma honesta e transparente”, destacou o Padre Aderso Alves dos Santos que fez parte da mesa de auditoria do sorteio.

“É importante deixar bem claro que as 500 famílias pré-selecionadas hoje devem comprovar todas as informações prestadas no ato do cadastro e devem cumprir os prazos na entrega dos documentos. Todos os cinco grupos são compostos por pré-selecionados, suplentes e quadro de reservas”, destacou a secretária-executiva de Habitação, Sabrina Machado, presidente da Comissão que realiza os sorteios das unidades habitacionais.

VEJA TAMBÉM
Gestão dá exemplo de respeito aos cofres públicos, diz Folha sobre vitória na Justiça contra Santander

A dona de casa Shirlene Pereira Mota foi pré-selecionada e disse que não vai perder tempo. “Vou amanhã mesmo no Resolve Palmas abrir o meu processo e começar a levar meus documentos”, contou animada Shirlene. Ela esteve no local do sorteio acompanhada de sua mãe com quem mora atualmente. “Eu tenho dois filhos e vou morar na casa nova com eles, faz mais de dez anos que eu coloquei o meu nome no cadastro e desta vez eu fiz até jejum, pedindo a minha casinha”, disse emocionada.

A seleção foi feita por meio de sorteio da Loteria Federal, concurso nº 5.377, de 06 de abril de 2019, e teve a participação de mais de 17 mil famílias inscritas no Cadastro Municipal de Habitação. A lista dos selecionados poderá ser consultada pelo Diário Oficial do Município ou pelos seguintes endereços: habitacao.palmas.to.gov.br ehabitacao2.palmas.to.gov.br.

Jardim Vitória I

Cada lote do empreendimento terá 180 m² com uma casa de 44,58 m² de área construída dividida em dois quartos, sala integrada à cozinha, banheiro e área de serviço. O investimento unitário é de R$ 80 mil, incluído neste total, a aquisição do terreno, bem como a infraestrutura completa como terraplenagem, drenagem pluvial, rede de esgoto, rede de água, pavimentação, placa solar, paredes de concreto e estrutura com aço galvanizado, calçadas com acessibilidade, sinalização viária e iluminação das vias em LED.

VEJA TAMBÉM
Secretaria Municipal de Habitação prorroga o prazo do Edital de Convocação

“O projeto das casas também é adaptável, com esquadrias em alumínio, piso cerâmico, laje completa e placas fotovoltaicas para geração de energia solar”, explica o secretário de Habitação de Palmas, Fábio Frantz.

Ainda de acordo com Frantz os moradores deste empreendimento também contarão com parte de um projeto de urbanização que prevê a construção de uma praça com quadra de areia; playground infantil; área de convivência e paisagismo. “A Prefeitura conseguiu ainda realizar a construção de um Centro de Educação Infantil para atender as famílias deste empreendimento e da região, que deverá ser inaugurado em breve”, finalizou o secretário.