Da redação

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, defendeu na noite desta segunda-feira (8), em Porto Alegre, a agenda de reformas do governo federal e prometeu reduzir entraves burocráticos para estimular o ambiente de negócios. Em palestra na 32ª edição do Fórum da Liberdade, Onyx afirmou ter a “crença” de que a proposta de mudanças na Previdência será aprovada até julho no Congresso.

— Reforma é um nome ruim para uma coisa boa. Estamos apresentando um novo modelo de Previdência para o Brasil — afirmou Onyx.

Silas Malafaia relembra profecia de Malta sobre Jair Bolsonaro

Em sua manifestação, o chefe da Casa Civil também relembrou o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e a campanha eleitoral de 2018. Ao avaliar a vitória de Jair Bolsonaro nas eleições do ano passado, recorreu à fé:

— Deus escolheu o mais improvável dos 513 deputados — disse Onyx em referência ao cargo ocupado por Bolsonaro na Câmara antes de rumar ao Palácio do Planalto. — Nosso humilde capitão saiu pregando solito pelo Brasil — acrescentou ao final do discurso.

VEJA TAMBÉM
Takayama faz alerta: “estão repensando a transferência da embaixada brasileira para Jerusalém”