Da redação

O vereador destacou que é muito importante fazer o concurso da Guarda para aumentar o efetivo e proteger a sociedade. Foto: Fernando Lucas

Na noite da última sexta-feira (12) a Guarda Metropolitana de Palmas comemorou os seus 26 anos de existência em um grandioso evento realizado no Clube da ASSEMP. Na oportunidade, várias autoridades estiveram presentes prestigiando o evento, dentre elas o vereador Hélio Santana (PV) e a deputada estadual Cláudia Lelis (PV).

Durante o evento, o parlamentar cumprimentou os guardas metropolitanos de Palmas, o comandante da Guarda, Borges, e, em especial, a deputada Cláudia Lelis. Na oportunidade, Santana demonstrou ao público o apreço que tem pela deputada, que é presidente de seu partido, o PV, e relembrou que apoiou Cláudia Lelis para prefeita de Palmas e que o sonho continua.

Santana também parabenizou a parlamentar pela votação contraria à Lei da Mordaça, que recentemente foi aprovada na Assembleia Legislativa do Tocantins. “Não esperei algo diferente da Deputada Cláudia Lelis, pois ela tem uma postura firme em defesa da democracia e da população, dá orgulho ser filiado a um partido igual ao PV que tem uma presidente com postura e pensamento iguais ao meu”, afirmou o vereador.

VEJA TAMBÉM
Candidato à Prefeitura de Palmas deve ser escolhido entre Derval e Cláudia Lelis, diz Lásaro Quirino

Vereador Hélio Santana parabeniza OAB-TO pelos seus 30 anos

Em seu discurso, Hélio destacou a menção honrosa que fez à Guarda Metropolitana na Câmara Municipal de Palmas, onde parabenizou e apresentou a importância que a Guarda tem para a capital.

O vereador tem defendido junto ao Legislativo e à prefeita Cinthia muitas demandas da Guarda como, por exemplo, as progressões, as promoções e também o estatuto, que deve ser atualizado. Frisou ainda que tem lutado pela mudança do nível de escolaridade para ingresso na Polícia Municipal de Palmas, pois considera o padrão atual “arcaico, até mesmo pela valorização salarial”.

“Nós fizemos essas transformações na Polícia Civil e ela cresceu muito quando passou a ser de nível superior, Porque também a nossa polícia de Palmas, que é a guarda metropolitana, não pode ser de nível superior? Porque tem que ser de nível médio? Meu mandato está pautado na valorização da classe trabalhadora. Essas bandeiras vou levantar sempre junto à prefeita”, afirmou o parlamentar.

Santana afirmou que é muito importante fazer o concurso da guarda para aumentar o efetivo e proteger a sociedade, mas antes é necessário que sejam resolvidas as demandas, promoções e o estatuto.

VEJA TAMBÉM
Em audiência na Câmara, Hélio Santana defendeu mudança na lei de gratificações dos ACS e ACE

“Vamos resolver as questões institucionais agora, tornando a guarda de nível médio para superior e depois iremos trazer o pessoal com a guarda evoluída, com uma guarda de outro nível, melhor do que já é”, concluiu o vereador.

(Com assessoria)