Da redação

Evento é a maior feira do setor da região Norte do país e ocorre de 07 a 11 de maio

Com linhas de crédito para investimento com pagamento em longo prazo e operações de custeio com taxas entre 5,37% e 5,91% ao ano, o Banco da Amazônia marcará novamente presença na Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), evento que reúne a nata do agronegócio do Estado, previsto para ocorrer de 7 a 11 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas.

“Estamos disponibilizando R$ 300 milhões para o evento, recursos que dinamizarão ainda mais a economia desse Estado, que vem apresentando crescimento acelerado e é um dos mais promissores da região Norte”, informa Marivaldo Melo, superintendente regional do Banco da Amazônia no Tocantins.

Principal instituição financeira de fomento do Norte do país, o Banco da Amazônia tem entre suas fontes de recursos para o financiamento de negócios sustentáveis o Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) e, dentro desse, dezenas de linhas disponíveis para incrementar os empreendimentos rurais, como é o caso do FNO Amazônia Sustentável.

Destinado a investimentos e custeio das atividades agropecuárias, o FNO Amazônia Sustentável é voltado a pessoas físicas e jurídicas, incluindo associações e cooperativas, para implantação, diversificação e modernização dos empreendimentos rurais. Quem recorrer a essa linha, além da taxa anual entre 5,37% a 5,91%, caso pague as operações em dia, também se beneficiará com um bônus de adimplência. E o que é melhor, o Banco praticará esse percentual da taxa para contratações realizadas até 30 de junho.

VEJA TAMBÉM
Apresentada na Agrotins 2019, raça Senepol ganha destaque na pecuária tocantinense

Outra linha disponível que os empreendedores encontrarão na Agrotins é o FNO Energia Verde. Criada para induzir, estimular e apoiar sistemas de produção de energia por fontes renováveis, essa linha é destinada ao consumo próprio de pessoas físicas (rural e residencial), para a expansão da matriz energética regional, em bases sustentáveis.

Agrotins 2019 estima cerca de R$ 2 bilhões de volume de negócios

“Nossos clientes também poderão contratar com maior rapidez, porque temos agora Central de Crédito para agilizar a análise para a concessão do crédito”, comenta Marivaldo Melo. Para atender os visitantes da Agrotins, o Banco da Amazônia mobilizou equipes da Central de Crédito e das duas agências localizadas em Palmas. As equipes dessas unidades estão preparadas para realizar novas contratações ou renovar os limites de créditos dos produtores que já são clientes do banco e queiram, por exemplo, negociar máquinas e equipamentos durante a feira.

Aos empreendedores que estão em débito com o Banco da Amazônia, os técnicos da Instituição também estão aptos à renegociação das dívidas, segundo o que dispõe a Lei 13.340. os clientes inadimplentes poderão ter, a partir da renegociação, descontos de até 85%, carência até 2021, juros de 0,5% a 3,5% e bônus de adimplência.

VEJA TAMBÉM
Carlesse destaca potencialidade do Estado para o agronegócio durante lançamento da Agrotins 2019

Agrotins

Com o tema “Agropecuária de Atitude Sustentável”, a Agrotins é a maior feira voltada ao agronegócio da região Norte do Brasil. Em sua 19º edição, a versão 2019 do evento traz novidades voltadas ao fortalecimento da produção agrícola e pecuária, oferecendo aos produtores rurais novas oportunidades para aumentar a produtividade de forma sustentável.

O evento reúne produtores rurais, técnicos, pesquisadores, estudantes e empresários do agronegócio e serve como uma espécie de vitrine para a divulgação das novidades do setor agropecuário, além de promover discussões sobre as novas formas de produção sustentável ao setor produtivo.