Da redação JM

O pastor Silas Malafaia não concorda com o deputado Marco Feliciano (Podemos-SP), que protocolou nesta terça-feira (16) o pedido de impeachment contra o vice-presidente da República, Hamilton Mourão.

Para Feliciano, que é um dos vice-líderes do governo no Congresso Nacional, Mourão tem “conduta indecorosa, desonrosa e indigna” e conspira contra o presidente Jair Bolsonaro.

Porém, Malafaia disse que isso não contribui com o Governo e traz somente detestabilidade.

O pedido

VEJA TAMBÉM
Malafaia: A safadeza da história da “cura gay” que a ministra do STF engoliu

No documento protocolado, o pastor Feliciano escreveu:

“A nação não pode ficar à mercê dos maus governantes, da vaidade e do despreparo emocional daqueles que alçados a cargos de relevo se deslumbram com o poder.”