Da redação JM

Em entrevista à Época, o deputado Marco Feliciano chamou o general Hamilton Mourão de “Judas”, “traidor” e “sem caráter”.

“Se o vice quer ajudar, porque não fala em privado com o presidente como todos os que o antecederam no cargo de vice-presidente? Além disso, o que causa estranheza é que muitas das contraditas do Mourão atacam promessas de campanha do presidente Bolsonaro. Promessas que Mourão defendeu também, o que o transforma em um estelionatário eleitoral. Quando ele desdiz o que o presidente sempre afirmou antes e por coerência mantém agora, isso o transforma em um traidor, um Judas.”

Feliciano alerta: “Amanhã STF poderá estar censurando a liberdade de culto nas igrejas”

Para o deputado, Mourão é um “homem sem caráter” que quer apenas “roubar a cadeira” de Jair Bolsonaro.

Marco Feliciano protocolizou o pedido de impeachment de Hamilton Mourão no último dia , alegando que o vice-presidente tem “conspirado” contra Bolsonaro.

( Com O Antagonista)