Sri Lanka: Após atentado contra cristãos, igrejas ficarão fechadas

O número de mortos nos atentados suicidas no domingo de Páscoa no Sri Lanka subiu para 359 e mais suspeitos foram detidos

Da redação JM

Parentes carregam caixões de vítimas de atentado no Sri Lanka Foto: DINUKA LIYANAWATTE 23-

Todas as igrejas católicas do Sri Lanka vão permanecer fechadas e nenhuma missa será celebrada até “a situação de segurança melhorar”, após os atentados suicidas no domingo de Páscoa, informou hoje (25) um dos responsáveis pelos templos.

“A conselho das forças de segurança, manteremos todas as igrejas fechadas”, explicou, adiantando que “não será realizada nenhuma missa pública até novo aviso”.

5 coisas a saber sobre os bombardeios da Páscoa no Sri Lanka

Segundo os últimos dados oficiais, o número de mortos nos atentados suicidas no domingo de Páscoa no Sri Lanka subiu para 359 e mais suspeitos foram detidos.

“Cristofobia”, diz Eduardo Bolsonaro sobre atentados no Sri Lanka

O porta-voz da polícia, Ruwan Gunasekara, disse que foram detidos mais 18 suspeitos de ligação com os atentados, elevando o total para 58.

*Com informações da RTP (emissora pública de televisão de Portugal)