Como saber se o namoro é da vontade de Deus?

Há um sinal claro. Saiba qual

Por Núbia Onara

Há um sinal claro. Saiba qual

Para quem entregou a vida para Deus, fazer a vontade dEle é a prioridade máxima, e isso em todas as áreas da vida. A pessoa sempre pensa se a escolha que está prestes a fazer irá agradá-lO.

Na vida amorosa não é diferente. A escolha do cônjuge é todo tempo ponderada de acordo com os princípios da fé.

Afinal, você não vai se casar com alguém que poderá colocar em risco o seu bem mais precioso, que é a sua Salvação.

Então, quando se inicia um namoro, a primeira preocupação que surge é: será que esta pessoa é da vontade de Deus para mim?

Isso não quer dizer que é Deus quem escolhe a pessoa adequada, mas Ele nos dá critérios para esta escolha ser feita. E quem quer agradá-lO não abre mão deles.

Quando é de Deus?

Pense um pouco: Deus sendo tão grande, magnífico e poderoso, como algo ruim pode vir da parte dEle?

A Bíblia diz: “A bênção do Senhor é que enriquece; e não traz consigo dores” (Provérbios 10.22). Quando ela fala que “enriquece”, vai muito além da questão monetária, mas que todas as bênçãos de Deus trazem desenvolvimento e progresso para as nossas vidas. Não são um fardo de dores e retrocesso.

VEJA TAMBÉM
‘Eu fui chamada para ser exposta’, diz Sarah Sheeva no The Noite

Logo, seguindo este raciocínio, um relacionamento de acordo com a vontade de Deus fará você progredir em todos os aspectos, principalmente no que tange à vida espiritual.

É neste ponto que muitos, por causa do sentimento, ignoram o quanto aquela relação está lhe afastando do seu Criador.

Sobre isso, o Bispo Renato Cardoso ressalta o sinal claro de quando um relacionamento não agrada a Deus: quando o separa dEle, ao invés de aproximar ainda mais.

“Se você tem um (a) namorado (a) que o (a) deixa no meio termo, tendo que fazer ‘malabarismo’ entre agradá-lo (a) e agradar a Deus, como em um jogo de equilíbrio, essa relação não é da vontade de Deus”, pontuou o Bispo.

E alerta: “Não adianta justificar com: ‘ah, mas eu gosto… mas a gente tem uma história, estamos de casamento marcado, os convites já foram dados’, pois isso tudo não muda o fato de que não é de Deus. E se você quiser insistir nisso, se quiser pagar para ver, então vá em frente!”, finalizou o Bispo.

VEJA TAMBÉM
8 tipos de mulher com quem um homem cristão não deve se casar

Zele por sua vida amorosa

Você sempre vai cuidar bem de tudo o que considera importante. Se sua vida espiritual e a comunhão com Deus são suas prioridades, certamente, você vai zelar por tudo que pode afetá-las de alguma forma, e isto inclui sua vida amorosa.