Da redação

A capital baiana inaugurou no sábado a primeira sede da Igreja Cristã Contemporânea, que tem como público a população LGBT. Representantes da agremiação se reuniam com fiéis em espaços alugados na capital baiana desde 2016.

A sede da Igreja Cristã Contemporânea é primeira no Nordeste.

No mesmo dia, dois membros da denominação, Willian Veloso e Fagner Moreira se casaram. A cerimônia foi celebrada por um pastor evangélico. Por Reuel Albuquerque da Silva, pastor há 7 anos e membro da Igreja Batista Nazareth em Salvador.

O pastor disse que “há sempre resistência”,  “sobretudo dos evangélicos conservadores, mas não os represento, represento o Evangelho, as boas novas”.

Para o pastor, sua atitude é “passo importante, de resistência, enfrentamento das estruturas opressoras e excludentes. Possibilita o acolhimento para o público LGBTQ+  exercer sua fé com sua sexualidade, ou seja, com inteireza”.

Reuel Albuquerque diz não ter receio de ser criticado. “O conservadorismo está aí. É preciso disputar as narrativas que por muito tempo serviram como mecanismo de opressão. O Evangelho de Cristo é escandalizador, tem como base fundamental o amor. Portanto, o amor é o instrumento hermenêutico para qualquer leitura bíblica. Nesta lógica, o amor é subversivo, desconfigura a lógica posta”.