Da redação JM

População não dispõe de água potável e serviços de saúde.

Às margens do rio Negro, no estado do Amazonas, está localizada a comunidade ribeirinha de Janauari, com cerca de 1,8 mil habitantes.  No dia 28/4, os voluntários do programa social A Gente da Comunidade (AGC) levaram doações e atendimento especializado para essa população carente que não dispõe de água potável e nem acesso a serviços básicos de Saúde.

O evento Unisocial foi realizado na Escola Municipal Jovino Coelho, onde os voluntários do AGC ofereceram aferição de pressão arterial, teste de glicemia, atendimento odontológico com limpeza dental e aplicação de flúor. Voluntários também prestaram orientação jurídica e psicológica.

O programa social doou cerca de 250 cestas básicas, 4 mil peças de roupas e 300 kits de higiene. No total, mais de 1,3 mil pessoas foram beneficiadas nesse dia.

Segundo o líder comunitário Miguel Miranda, o programa social fez um trabalho que ficou marcado na história de Janauari. “Já recebemos muitas ações, mas nunca uma tão grande e tão importante como essa. Agradeço profundamente pela solidariedade que prestaram ao nosso povo”, avaliou Miguel.

VEJA TAMBÉM
15 mil jovens moçambicanos dizem não às drogas e ao crime em congresso

Glauber Moré, responsável pelo AGC do estado, relata que o objetivo da ação foi oferecer melhor qualidade de vida aos habitantes dessa localidade, que vivem da caça e da pesca. “A carência deles é tão grande que vimos muitos passarem por atendimento médico e odontológico pela primeira vez, concluiu Glauber.

A comunidade fica no interior do município de Iranduba, e está localizada a 100 Km da capital do estado, Manaus.