Irmão André, fundador da Missão Portas Abertas, celebra 91 anos de idade

Irmão André começou sua missão em países pertencentes à antiga "Cortina de Ferro"

Da redação JM

Irmão André começou sua missão em países pertencentes à antiga “Cortina de Ferro”

No último sábado foi celebrado o aniversário de 91 anos do Irmão André, fundador da Missão Portas Abertas. Ele nasceu em um pequeno vilarejo na Holanda no dia 11 de maio de 1928. Apesar de hoje o conhecermos como um grande homem de Deus, ele só teve um encontro com Deus depois que começou a ler a Bíblia, em 1949, após ser ferido por uma bala em combate na Indonésia. Esse fato o fez voltar para a Holanda, onde decidiu dedicar a vida à obra missionária.

As informações sobre a vida e começo do trabalho do Irmão André são encontradas no livro O Contrabandista de Deus, que se tornou um best-seller. Nele, estão registradas suas viagens para países fechados ao evangelho da chamada “Cortina de Ferro”, com a finalidade de levar Bíblias para cristãos locais. Além disso, contém detalhes de perigosas travessias de fronteiras, perseguição da polícia secreta russa, a KGB, e o início de sua jornada dedicada a viver radicalmente por Jesus. No total, já foram vendidas mais de 10 milhões de cópias, em mais de 40 idiomas.

VEJA TAMBÉM
Muçulmanos ajudam cristãos a recuperarem igreja destruída pelo EI

O trabalho do Irmão André deu início a Portas Abertas, levando a organização a lugares onde a maioria dos cristãos não estaria disposta a ir. A Portas Abertas prepara milhares de cristãos perseguidos através de treinamento, ajuda emergencial, distribuição de Bíblias e literatura cristã, e ações institucionais nos países mais hostis aos cristãos no mundo.

Atualmente, a Portas Abertas trabalha em mais de 60 países com o objetivo de fortalecer a Igreja Perseguida, apoiando cristãos locais em lugares hostis, para que eles continuem espalhando o evangelho ao seu redor.

O Irmão André já visitou 125 países e registrou mais de um milhão de milhas em suas viagens para pregar e conhecer pessoas necessitadas. Ele disse que, durante essas viagens, nunca teve uma Bíblia confiscada e foi preso apenas três vezes.

Em comemoração ao aniversário de 91 anos do Irmão André, O Contrabandista de Deus ganha uma nova edição em português. O livro traz uma linguagem mais atual e, também, uma entrevista inédita em português com o fundador da Portas Abertas. Nela, ele conta sobre muitas de suas experiências com Deus ao atravessar fronteiras com carga ilegal de Bíblias para países fechados ao evangelho.