Da redação JM

Pastores durante encontro com o presidente Bolsonaro. Foto: Reprodução Facebook

Líderes evangélicos estiveram em reunião com o presidente Jair Bolsonaro para tratarem que questões ligadas às igrejas no país, em especial a recente questão sobre a imunidade tributária. Na reunião, firmou-se de uma vez por todas o compromisso do Governo em não alterar a atual situação e retirar o benefício dado aos religiosos.

Segundo o pastor Silas Câmara, presidente da Frente Parlamentar Evangélica, Deputado, Silas Câmara, o presidente Jair Bolsonaro reafirmou que o seu governo não irá penalizar as Igrejas, os micros empresários, as minorias representadas pelos jovens empreendedores, como também não o fará com os grandes empresários. Que nele, essas classes, em especial, as Igrejas que serão vistas com carinho. Falou também da necessidade da aprovação da reforma da previdência.

Entre os presentes estava o presidente da Convenção da Assembleia de Deus no Brasil (CADB), pastor Samuel Câmara, o deputado Pr. Marco Feliciano, vice-líder do Governo e vários presidentes de Igrejas no encontro com o presidente da República Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes.