Da redação JM

Evento na capital do país também marcou luta contra o suicídio e racismo entre os adolescentes

No final do mês de abril (28), o programa social Força Jovem Universal (FJU) da Igreja Universal em Moçambique realizou o evento “Saiba Dizer Não”, na Praça da Independência, em Maputo. Atrações musicais e de dança atraíram cerca de 15 mil adolescentes para o local. O principal objetivo do encontro foi conscientizar os jovens sobre a importância de manter uma vida longe dos vícios e da criminalidade, além de alertar sobre o suicídio e de tudo aquilo que tem afetado a juventude.

Segundo o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano de Moçambique, o consumo excessivo de álcool entre os adolescentes tem sido cada vez mais precoce, entre os 12 e 13 anos, e isso tem comprometido o avanço pedagógico deles.

Além das apresentações realizadas pelos jovens voluntários, o evento também contou com a presença de artistas renomados do país, como o apresentador Sérgio Faife, grupo de dança Tofo-Tofo, a presença da Banda Kakana e do cantor Ubakka.

O “Saiba Dizer Não” foi conduzido por Felipe Cerqueira, responsável da FJU de Moçambique. Ele explica que o objetivo do evento foi mostrar à juventude que é possível dizer não a tudo o que é prejudicial à vida e ao futuro.

VEJA TAMBÉM
Trailer de "Nada a Perder" faz Edir Macedo se tornar um dos assuntos mais comentados no Twitter

“Muitos estão perdendo grandes oportunidades de trabalho, de estudo e deixando de investir em seus sonhos por não saber dizer não as drogas, o bullying, o preconceito, suicídio e racismo”, disse Felipe.

A jovem Helena Nelson esteve presente no evento e destacou a importância de aprender a falar não. “ Os jovens pensam que dizer sim para tudo é um benefício para eles. Esse evento veio para mostrar que temos outras saídas, outras alternativas para alcançar nossos objetivos”, relatou Helena.

A campanha “Saiba Dizer Não” teve início no ano de 2013 e, desde então, passou a ser realizada anualmente no Brasil e exterior. Em Moçambique, o evento acontece desde 2015.

(Com Universal)