Da redação

O requerimento referente à Polícia Civil recebeu o apoio da Casa. Foto: Divulgação

Na manhã da última terça-feira, 14, foi votado e aprovado o requerimento nº 022/2019 de autoria do vereador Hélio Santana (PV), que visa através de uma seção solene homenagear o dia da Polícia Civil, que é celebrado anualmente em 21 de abril em todo território Nacional.

Santana apresentou o requerimento no dia 05 de abril e pretende junto a Câmara Municipal prestar homenagem e reconhecimento a esta instituição que é responsável pela segurança pública. Sua principal função é prevenir, repreender e investigar crimes.

Segundo o parlamentar a importância desta homenagem vem em tempo certo, para motivar a Polícia Civil que tanto tem trabalho para manter a segurança e a integridade da população tocantinense.

Hélio Santana vota a favor de decreto que extingue Aditivos da BRK

A profissão

A Polícia Civil é composta por diversos tipos de profissionais e cada um deles tem funções muito bem definidas dentro da corporação. Vejam quais são os principais cargos:
Delegado – planeja, coordena e supervisiona operações e investigações policiais. Ele preside os inquéritos, toma depoimentos, investiga a autoria de crimes, elabora relatórios. O delegado também exerce funções administrativas, como fiscalizar a emissão de documentos.

VEJA TAMBÉM
Vereador Hélio Santana solicita benefícios para o Jardim Taquari, 606 Norte e 706 Sul

Escrivão

Cuida de todo o trabalho burocrático da delegacia. Na hierarquia da Polícia Civil, vem logo abaixo do delegado. Ele acompanha todo o inquérito policial, desde coletar os primeiros relatos até o encerramento do caso. O escrivão faz anotações em livros oficiais, analisa inquéritos, faz indiciamentos, e recolhe fianças.

Agente de Polícia

Realiza inspeções e operações policiais. Investiga a autoria dos crimes e infrações administrativas. É sua responsabilidade levantar informações sobre as vítimas, encontrar testemunhas, investigar indícios e provas até que seja determinado o culpado. Dá cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão.

Perito Oficial

Analisa o local onde o crime foi cometido para produzir provas técnicas. Coleta evidências, realiza exames laboratoriais, analisa os objetos que foram utilizados para cometer crimes, faz a identificação e redige os laudos das perícias. O objetivo é entender como o crime aconteceu e produzir provas para serem usadas no inquérito policial. Os Peritos também emitem relatórios técnicos sobre os vestígios intrínsecos da violência, isto é, sobre os vestígios no corpo humano que denunciam se houve crime, suicídio ou acidente.

VEJA TAMBÉM
Vereador Hélio Santana homenageia pastores em Sessão Solene na Câmara

Papiloscopista

Realiza estudos e pesquisas técnico científicas, visando a identificação humana. Coleta e arquiva impressões digitais, realiza o controle e execução de trabalhos periciais papiloscópicos relativos ao levantamento, coleta, análise, codificação, decodificação e pesquisa de padrões e vestígios papilares. O Papiloscopista pode redigir laudos que são reconhecidos em julgamentos e exumação de corpos para identificação.

Agente de Necrotomia – Realiza a Identificação e manuseio dos cadáveres, faz a realização de cavidades no abdômen, tórax e cavidade craniana para averiguar possíveis lesões, colhe amostras para exames laboratoriais, preparar cadáver para sepultamento, realiza exumações, reconstitui (costura) cadáveres e procedimentos para cumprir ordens judiciais.