Da redação JM


Governador Mauro Carlesse e outras autoridades políticas emitiram nota

Faleceu na madrugada desta terça-feira, 21, o senhor José Santana Filho (Seu Juca), pai da deputada Amália Santana (PT). O governador Mauro Carlesse, o deputado Vilmar de Oliveira (SD) e outras autoridades política do Estado emitiram nota lamentando a perda da família.

Na nota, Vilmar diz que seu Juca foi um “Militante histórico do Partido dos Trabalhadores” e “deixa seu legado na história de Colinas e do Tocantins“.

Confira:

Vilmar de Oliveira

Transmito meus votos de pesar à companheira de parlamento,  deputada Amália Santana (PT) e familiares pela perda de seu pai, o senhor José Santana Filho, ocorrida nesta madrugada, 21, em Palmas. 

Militante histórico do Partido dos Trabalhadores, seu “Juca” deixa seu legado na história de Colinas e do Tocantins.

Pais deveriam ser eternos.  Perdemos parte de nós quando perde-mo-los. Neste momento de dor, rogamos ao pai que traga o consolo do céu para todos os familiares.

Mauro Carlesse

Pesar pelo falecimento de José Santana Filho

VEJA TAMBÉM
Após se recuperar de um AVC, Deputada Amália Santana retorna ao Legislativo

Com muito pesar, recebi a notícia do falecimento do senhor José Santana Filho, o Seu Juca, pai da deputada estadual Amália Santana e do ex-prefeito de Colinas do Tocantins, José Santana Neto.

Pioneiro de Colinas, Seu Juca deixa esposa, dois filhos e um legado de bons serviços prestados àquele município e região.

Neste momento de tristeza e dor, rogo ao nosso eterno e bom Deus que conforte os corações dos familiares, amigos e cidadãos colinenses.

Dulce Miranda

NOTA DE PESAR 
Com pesar recebo a notícia da morte de um dos pioneiros de Colinas, o senhor Juquinha. Líder forte do  Partido dos Trabalhadores ( PT), e pai dos ilustres políticos, a deputada estadual Amália Santana e do ex prefeito de Colinas,  José Santana. Em nome da minha família, registro a minha solidariedade e condolências, aos familiares e amigos, rogando a Deus a proteção Divina a todos. 
Deputada Federal, Dulce Miranda e Marcelo Miranda