Da redação

O vereador Rogério Santos (PRB) comemorou, após sessão extraordinária na Câmara de Palmas, a aprovação do Projeto de Lei nº 23/2019, que institui o “Mês de Mobilização de Todos pelo Fim da Violência contra a Mulher”.

“É um passo importante para estimular nós homens, a combater um tipo de violência que, infelizmente, avança no país. A cada dois segundos uma mulher sofre abuso físico ou verbal no Brasil”, disse o vereador, referindo-se ao portal Relógios da Violência , do Instituto Maria da Penha.

O projeto ainda precisa ser sancionado pela prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB). Após a sanção, a Campanha Laço Branco será implantada na capital palmense em dezembro e deverá integrar o calendário oficial do município.

+ Vereador Rogério Santos pede construção de Creche no Jardim Aureny I

A campanha foi criada pela Lei federal nº 11.489 em 2007 e institui o 6 de dezembro como o “Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo fim da violência contra as Mulheres”, para lembrar de um crime que chocou o mundo em 1989, em Montreal, no Canadá, onde um homem invadiu uma escola e assassinou 14 mulheres. O criminoso, Marc Lepine, de 25 anos, suicidou-se, mas antes deixou uma carta justificando o ato: não suportava a ideia de ver mulheres estudando engenharia, um curso tradicionalmente masculino.

VEJA TAMBÉM
Republicano ocupa presidência da Comissão de Políticas Públicas e Sociais na Câmara de Palmas

Depois disso, um grupo de homens canadenses organizou um ato para repudiar crimes contra a mulher e elegeu um “laço branco” como símbolo para adotar um lema: jamais cometer violência contra as mulheres e não fechar os olhos a qualquer tipo de abuso.