Da redação

Ser voluntário é um ato de dedicação e amor ao próximo. Durante todo o ano, o Hospital Geral de Palmas (HGP) conta com apoio de diversos voluntários que doam um pouco do seu tempo,  carinho  e atenção para quem está passando por momentos delicados de saúde.

O setor de humanização do hospital faz o intercâmbio dos interessados em realizar trabalho voluntário e o Hospital. O setor realiza cursos para pessoas que tem interesse em desenvolver atividade voluntária no HGP. Das diversas atividades voluntárias que são desenvolvidas no hospital estão corte de cabelo, oficina de artesanato, treinamento funcional para servidores, massagem aos profissionais e visitação aos leitos. Dentre as atividades de visitação existem os grupos de visitadores da alegria que desenvolvem visitas de forma lúdica, recreativa e musicoterapia. Só em  2018 foram três cursos realizados, onde capacitaram 86 voluntários.

Só este ano, foram feitos dois cursos e qualificando 65 voluntários. Atualmente são 176 voluntários cadastrados e dois grupos de coral.  Os voluntários por meio dos cursos recebem orientações sobre as normas e rotinas do hospital e os cuidados preventivos para adentrarem na unidade.

O diretor administrativo do HGP, Leonardo Toledo,  destaca a parceria dos voluntários que é essencial. “Levar mensagens de conforto, fé e esperança para nossos pacientes, só temos que agradecer por esta parceria tão primordial dos diversos voluntários com o HGP”, afirmou.

A responsável pelo setor de Humanização do HGP, Goiamara Borges ressalta o envolvimento dos voluntários. “Hoje temos uma parceira extremamente importante com os voluntários de instituições  ou entidades religiosas, que nos dão suporte em vários projetos no setor de Humanização, esta atividades do dia das mães, por exemplo, faz parte do Projeto “Cuidando de Quem Cuida”. Para que ações como estas aconteçam temos o envolvimento da comunidade na assistência hospitalar, que é muito relevante para nós, afirmou.

VEJA TAMBÉM
Litucera paralisa serviços e após caos Governo assume administração dos hospitais

Depoimentos

“É indescritível. A palavra de Deus fala que é melhor dar do que receber, e isso encheu os nossos corações de alegria. Foi uma experiência incrível, honrar quem tem o dom de gerar. Amar a Deus, amar pessoas, esse é o lema da nossas vidas e de nossa igreja”,  destacou   o voluntário e Pastor Eduardo Silva que participa de diversas  atividades incluindo datas comemorativas.

Outro que contribui com o HGP, por meio do projeto de musicoterapia, é Demerval Barroso, o servidor público e cantor reserva as quintas – feiras aos pacientes das alas de internação do HGP. “Tantos os pacientes quanto os acompanhantes  gostariam que eu ficasse mais, eu acabo levado pela emoção, há vezes que eu extrapolo o tempo. É um trabalho gratificante como ser humano poder ajudar o próximo e amenizar a dor de alguém. Esta atividade é uma experiência fantástica, nunca tinha realizado antes. Preparei para este trabalho voluntário um repertório com canções de fé e esperança e cura”, declarou.

A música de fé e esperança encheu o coração do paciente Ademir Proença que realiza tratamento na unidade. “Estava no lugar certo e na hora certa, esta música tocou muito o meu coração. Tocou a mim pode tocar outras pessoas e levar conforto a outros corações”, declarou.

VEJA TAMBÉM
Colombiana desaparece de dentro do HGP, Defensoria acompanha o caso

O projeto de musicoterapia também conta com parceria do coral Canto Nobre e o Coro Staccato da Escola Livre de Música de Palmas.

Como participar?

Para ser voluntário, primeiramente, é necessário participar de um curso ofertado pelo HGP, que acontece duas vezes por ano. O interessado já pode entrar em contato com o Setor de Humanização e se inscrever na lista de espera. O curso orienta sobre cuidados relacionados à segurança do paciente, normas de acesso ao hospital e como oferecer conforto por meio de visitas, celebração religiosa, atividades lúdicas, campanhas solidárias, oficinas de artesanato e suporte aos funcionários. Após a participação no curso, será emitido crachá para o voluntário iniciar as atividades no hospital. 

Doações e voluntariado

O trabalho voluntário no Hospital Geral de Palmas também inclui campanhas de doações de produtos de higiene como fraldas, sandálias, roupas, produtos utilizados para ajudar pacientes e acompanhantes que estão internados. Muitos pacientes vêm de outros estados e chegam sem nada na unidade. O setor de Humanização mobiliza a captação desses objetos, no intuito de oferecer uma melhor assistência aos pacientes e aos acompanhantes que necessitam.

Há também o projeto da Revisteca, que recebe doações de livros e revistas que são disponibilizados em alguns pontos do hospital, possibilitando um pouco de distração da rotina hospitalar.

As instituições ou as pessoas que desejam ser voluntárias no HGP devem procurar a coordenação de Humanização da unidade ou ligar no (63) 3218-7898.