Da redação

Caso teria sido registrado na ETI Caroline Campelo, em Palmas — Foto: Divulgação

A Polícia Civil está investigando denúncias de supostos casos de assédio sexual na Escola de Tempo Integral Caroline Campelo, em Palmas. A mãe de uma estudante procurou a polícia alegando que a filha foi vítima por pelo menos duas vezes de um professor que trabalha na unidade. Os detalhes do inquérito estão sob sigilo.

A Secretaria de Segurança Pública informou que recebeu a denúncia na quarta-feira (29). O caso está na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

A Prefeitura de Palmas disse que a diretora da unidade escolar atendeu pais e alunos envolvidos no caso e que vai mandar um relatório para a Secretaria Municipal de Educação. Disse ainda que a investigação será acompanhada por uma comissão.

+ Damares quer pena maior para líderes religiosos que cometerem crimes sexuais

A reportagem questionou se o professor denunciado continua dando aulas na escola e aguarda um posicionamento da prefeitura.

(Com G1 TO)