Da redação JM

Após receber recentemente oração durante uma visita supresa a uma igreja nos EUA, o presidente Donald Trump comemora o 75º aniversário do Dia D e se juntou nesta quarta-feira (05) a inúmeros líderes mundiais e dignitários em Portsmouth, Inglaterra.

Esse foi um importante ponto de partida para as forças aliadas que partiram da Inglaterra para atacar as praias da Normandia, na França, para começar a rejeitar os ocupantes nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Foi um momento chave e um dia de grande sacrifício por parte das tropas americanas.

+ Pastor ora por Donald Trump após visita do presidente à igreja

Durante uma cerimônia especial, o Presidente Trump leu a famosa oração do Dia D do Presidente Franklin Delano Roosevelt, que ele leu para toda a nação em 6 de junho de 1944.

Trump leu uma parte da oração do FDR, dizendo:

“Deus Todo-Poderoso. Nossos filhos, orgulho de nossa nação, lançaram hoje um grande esforço. A luta para preservar nossa república, nossa religião e nossa civilização e para libertar a humanidade sofredora. Eles terão suas bênçãos para o inimigo. Strong. Você pode restaurar a nossa força, mas vamos voltar novamente e novamente. e nós sabemos que por tua graça e justiça de nossa causa, nossos filhos triunfará. Alguns nunca vai voltar. Abrace estes pais e recebê-los, os servos heróicos, no teu reino e Senhor, dá-nos a fé. Dê-nos a fé em si mesmo, a fé em nossos filhos, a fé nos outros e fé em nossa cruzada unida. thy será feito, Deus Todo-Poderoso. Amém. “

Foi uma cerimônia séria e pacífica, que iniciou dois dias de observância do Dia D.

VEJA TAMBÉM
Marcos Pereira ora quebrando “macumbaria, bruxaria e todo o mal” de Temer

+ Bolsonaro recebe oração em igreja evangélica e se emociona

Os líderes representando os países aliados foram apresentados nos Estados Unidos, Canadá, Austrália, Bélgica, República Tcheca, Eslováquia, Luxemburgo, Dinamarca, França, Grécia, Holanda, Nova Zelândia, Noruega e Polônia.

Outros líderes do evento foram a rainha Elizabeth II, a primeira-ministra britânica Theresa May e o presidente francês Emmanuel Macron. Na quinta-feira, o foco se desloca para a França para mais eventos.

O Dia D envolveu mais de 150.000 soldados aliados que inundaram as praias da Normandia no noroeste da França em 6 de junho de 1944. Eles foram transportados por 7.000 navios em uma batalha denominada Operação Overlord. 

(Com CBN News)