Redação JM Notícia

O procurador Guilherme Schelb é cotado para ocupar o Ministério da Educação na gestão de Jair Bolsonaro (Facebook/Reprodução)

Através do Twitter, Guilherme Schelb, um dos defensores do projeto Escola sem Partido, se manifestou sobre a questão da posse de arma. Ligado aos direitos da dignidade humana com foco nos cuidados com crianças e adolescentes, ele mostrou sua posição para o tema tão polêmico.

“Não sou favorável a armar a população. Sou favorável a que o cidadão tenha o direito de ter uma arma para sua defesa e de sua família, caso o deseje. O governo deve servir ao povo, isto inclui permitir a legítima defesa de sua casa e família”, escreveu ele que é evangélico.

Schelb era cotado para assumir o Ministério da Educação, mas sua indicação não foi confirmada. Guilherme Schelb é Procurador Regional da República e mestre em Direito Constitucional pela UFPR.